PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

segunda-feira, 30 de dezembro de 2013

Fugindo da Própria Sombra





Por João Oliveira

               Não há como mudar o passado. Ele estará sempre lá, em suas lembranças. Todos os erros e acertos, quando lembrados, poderão servir como referência para escolhas futuras mais assertivas. No entanto, existe gente que não consegue conviver com sua própria história de vida e vive fugindo da própria sombra. 

               Situações onde erro e vergonha nos fizeram sofrer podem ser ressignificadas e, desta forma, passar ao rol de fatos aceitáveis ao invés de momentos que provocam dor ao serem lembrados. Não existe alguém que só tenha, em sua trajetória de vida, acertos e glórias. Errar faz parte do processo de aprendizado: ninguém nasce sabendo!

               Óbvio, que este processo pode ser amenizado com instruções qualificadas que podem ser encontradas nos elementos de referência. Esses elementos tanto podem ser figuras humanas como pai, mãe, amigos, professores quanto estruturas materiais que funcionam como reservatórios de saber: livros, filmes, monumentos, obras de arte e etc.

               Verdade é que, se apoiar somente na própria experiência de vida para construir um saber aplicável, pode não ser suficiente para se obter resultados positivos em uma só vida. Da mesma forma que não se deve ampliar todos os erros transformando a vida subjetiva em um inferno constrangedor da própria pessoa.

               Conviver bem com os reveses sofridos e buscar novos conhecimentos para auxiliar na elaboração de um projeto futuro mais adequado é a fórmula ideal de viver com sabedoria. Não adianta mudar de penteado, cidade ou sexo para apagar memórias sofridas. Empreender novos projetos colhendo resultados positivos e, entender que tudo que foi vivenciado tem sua  devida importância como base de aprendizado vai, aos poucos, criando uma iluminação que destrói todas as sombras. Mesmo aquelas que só surgem nos pesadelos noturnos.

               Caso você não consiga fazer isso sozinho, procure um profissional psicólogo, pois, ele possui as ferramentas certas para ajudar nesse processo. Algumas vidas realmente deixam de experienciar os bons momentos de sua história graças a preconceitos elencados contra si mesmo. Como um carvão que mancha ao menor toque ou, uma gota de óleo que contamina todo um barril de agua potável alguns fatos – já vividos – podem destruir uma imagem clara do aqui e agora.

               Não há segredos em viver bem. Porém, deve existir certa quantidade de vontade e o desejo de mudar. Se você sofre por conta de sua própria história de vida e coloca isso como referência em seu momento atual, saiba que nem todos são assim. E se alguém conseguiu sobreviver aos próprios medos é sinal que existem possibilidades e, sendo assim, você também pode. 

Nenhum comentário: