PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

terça-feira, 25 de maio de 2010

Morre aposentada pisoteada em tumulto em liquidação de loja em João Pessoa

Do site de Noticias do Jornal O Globo, siga o link

Morreu uma das vítimas do tumulto em uma liquidação de eletrodomésticos em João Pessoa, na Paraíba, no último sábado. A aposentada Maria de Lurdes Gaudino, de 67 anos, foi pisoteada e chegou em coma no hospital, com várias fraturas pelo corpo. Ela não resistiu aos ferimentos. Os quatro filhos da aposentada moram no Rio de Janeiro. Ela e o marido tinham decidido voltar para João Pessoa, considerada um local mais tranquilo.


- Era o local onde ela queria viver tranquila. O que ela tinha mais medo era a violência - diz uma das filhas, em entrevista à TV Cabo Branco.

Mais de 50 pessoas ficaram feridas no tumulto. A liquidação, promovida pelo Atacadão dos Eletros, atraiu um contingente estimado entre 5 e 10 mil pessoas. Segundo o escrivão Ênio Emanuiel de Azevedo Dantas, da 9ª Delegacia Distrital do bairro Mangabeira, quando o portão foi aberto houve empurra-empurra e começou o tumulto. Os portões e alambrados foram derrubados. Muita gente ficou machucada, a maioria pisoteada. Alguns clientes reclamam que foram roubados.

- Roubaram meu celular, R$ 800,00 e levaram minha identidade e o CPF - disse Josefa Ramalho.

O advogado da rede, Hermano Gadelha, disse que a empresa só vai se pronunciar depois que as investigações forem encerradas e que câmeras de segurança devem ajudar a esclarecer como começou o tumulto.

- Se tiver responsabilidade da empresa vamos procurar resolver - afirmou.

O escrivão informou que o galpão onde o feirão seria realizado tinha um único portão de entrada e saída e não tinha capacidade para abrigar tanta gente. De acordo com relatos de clientes que procuraram a delegacia para lavrar boletins de ocorrência, a loja havia anunciado que os primeiros 100 clientes poderiam comprar uma TV LCD de 32 polegadas por R$ 300.

Obs: Esse é o mundo em que vivemos, pessoas se matam por um pedaço de felicidade que tem durabilidade programada.

Nenhum comentário: