PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

quinta-feira, 11 de fevereiro de 2010

Conselho Comunitário de Segurança se reuniu hoje com alguns presidentes de Associações de Moradores e com a Policia Militar


A falta de segurança no município que vem refletindo no crescimento do número de assaltos as residências na região nesse período de verão, a deficiência do sistema do atendimento ao 190 da Polícia Militar, e a retirada das Câmeras de Seguranças instaladas pela Prefeitura em alguns pontos estratégicos, devido à renovação do contrato, foram alguns dos assuntos abordados hoje na reunião do Conselho Comunitário de Segurança - CCS-. Participaram do encontro, na sala de multimídia da Associação Comercial e Industrial de Campos- ACIC-, o presidente da instituição Amaro Ribeiro Gomes, o vice presidente, Ivanildo Cordeiro, o sub-comandante do 8º Batalhão da Policia Militar, Roberto Oliveira, o presidente da Famac- Federação das Associações de Moradores - José Jorge Terra e alguns representantes de Associações de Moradores.
O presidente do Conselho Comunitário de Segurança, Amaro Ribeiro Gomes, destacou que será elaborado um documento relatando todos estas preocupações da população campista para ser apresentado ao Secretário Estadual de Segurança, José Mariano Beltrame e ao Instituto de Segurança Pública,- ISP- no qual o Conselho está ligado diretamente, solicitando uma atenção especial para a região.
Amaro destacou ainda, que é inaceitável que Campos continue tendo seus projetos interrompidos, como é o caso da retirada das Câmeras. O serviço vinha funcionando muito bem, ajudando a Polícia Militar a resolver alguns casos de assaltos e até mesmo de mortes, e agora é retirado, até que seja feito uma nova licitação. Essa situação quebra o trabalho desenvolvido, e logo agora, que Campos foi incluído no Pronasci- Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania, ligado ao Ministério da Justiça, onde até já recebeu um repasse de verba de aproximadamente de R$ 400mil.
Outra preocupação do presidente do CCS, Amaro Ribeiro Gomes e dos representantes das Associações de Moradores, é que com a instalação da Unidade de Polícia Pacificadoras (UPP), nas comunidades do Rio de Janeiro, a violência está fugindo para o interior do Estado, aumentando ainda mais a onda de violência.
Outro assunto a se relatado neste documento segundo Amaro Ribeiro Gomes, é a instalação da Central de Atendimento da Policia Militar, mais moderna e que vai atender com mais eficiência a população que liga para o 190, e de uma certa forma também vai ajudar a reduzir o índice de trotes. Este sistema ficou de ser instalado em Campos,mas até agora nada foi feito. Amaro destacou que nas reuniões com os presidentes de associações de moradores, a demora do atendimento ao 190, que muitas das vezes não funciona, principalmente nos municípios vizinhos de São João da Barra e São Francisco do Itabapoana, vem se destacando. A população se sente desprotegida, já que o sistema não funciona.
A falta de iluminação pública e a queda de energia em alguns bairros, como em Xexé, ma Farol de São Thomé também foram abordados pelos moradores. Amaro destacou que vários ofícios já foram encaminhados para a gerência regional da Ampla e da CamposLuz. No entanto, só presidente da Campos Luz, Álvaro Augusto confirmou presença para a próxima reunião que acontece no dia 22 deste mês, às 10h, na Acic. E também anunciou que a primeira reunião Itinerante desse ano acontecerá no dia 28, às 18h, no Ciep Professora Carmem Carneiro, no parque Eldorado. Ele destacou que o objetivo dessas reuniões é ouvir a população e levar os problemas para as autoridades competentes.

Nenhum comentário: