PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

quinta-feira, 3 de setembro de 2009

PF em Campos dos Goytacazes/RJ apreende 74 máquinas

SUPERINTENDÊNCIA REGIONAL NO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
DELEGACIA DE POLÍCIA FEDERAL EM CAMPOS DOS GOYTACAZES

Policiais federais lotados na Delegacia de Polícia Federal em Campos dos Goytacazes, com apoio de policiais lotados nas Superintendências da PF nos
estados do Rio de Janeiro e do Espírito Santo, deflagraram na manhã desta quinta-feira, 03/09/09, a Operação “Tempestade no Varal” de repressão à exploração de jogos de azar através da utilização de máquinas programáveis tipo caça-níqueis.

Dos dezessete mandados de prisão, apenas dois não foram cumpridos: os de Jocivaldo do Espírito Santo Lima, o “Issica” de Campos, e de Antônio Carlos Martins, o “Toninho” de Grussaí, cujas prisões são esperadas para breve. Já em relação às 15 prisões efetivadas, 10 ocorreram em Campos, quatro na cidade do Rio de Janeiro e uma em Macaé, relativa a um Cabo da PM local.

Foram cumpridos ainda 22 mandados de busca e apreensão em pontos comerciais, além de outros 19 em escritórios e residências de Campos. Todos os mandados, de prisão e de busca, foram expedidos pela 2ª Vara da Justiça Federal em Campos dos Goytacazes.

Durante a Operação foram apreendidos 74 máquinas caça-níqueis e aproximadamente R$ 50.000,00 em dinheiro, além de vários cheques e aparelhos celulares.

Os presos foram levados para o Presídio Carlos Tinoco, em Campos/RJ, onde permanecerão custodiadas à disposição da Justiça, devendo responder pelos crimes Contrabando, Exploração de Jogos de Azar, Crime contra a Economia Popular e Formação de Quadrilha.

Campos dos Goytacazes/RJ, 3 de setembro de 2009.

Um comentário:

007BONDeblog disse...

João

boa noite

É a Polícia Federal agindo e combatendo o crime organizado.

Parabéns pelo registro e pelo faro jornalístico.

Um abraço