PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

Matéria no Portal de Notícias URURAU

16 de janeiro de 2012 · 10:31

Piscólogo João Oliveira foi destaque no 'Bom Dia Brasil'


Na manhã desta segunda-feira (16/01), o psicólogo campista, João Oliveira, foi destaque no Programa "Bom Dia Brasil", da Rede Globo, falando sobre análise de gestos e comportamento na ajuda de empresas para escolher os candidatos.

Você sabe quando alguém está mentindo? Se um sorriso ou um gesto é falso ou verdadeiro? Se a pessoa é segura ou insegura? As empresas estão usando, cada vez mais, a análise do comportamento para escolher os candidatos. O repórter Edney Silvestre mostra no que eles estão de olho.

Que um sorriso nem sempre é sincero a gente sabe. Mas você imaginava que cruzar os braços é sinal de rejeição? Quem diria que as pernas cruzadas significam que a pessoa quer chutar você? Com as mãos na cabeça, ele está dizendo: “Quem manda aqui sou eu”.

Cada gesto indica uma intenção. São sinais claros do que se passa por dentro de uma pessoa, acredita o psicólogo João Oliveira. “É possível você saber mais de uma pessoa olhando para ela no silêncio, deixando ela se movimentar, do que ela falando de si mesma. Parece que o nosso inconsciente não gosta muito de mentira”, explica o psicólogo.

A atração entre um homem e uma mulher, por exemplo, aparece em gestos quase imperceptíveis. Se ela passa a mão nos braços, por exemplo, isso pode querer dizer que está se interessando por ele. Entre mulheres, a conversa é frente a frente. Homens se falam a 45° um do outro. Ou seja: nada de intimidade demais.

É nas entrevistas para emprego que, muitas vezes, o corpo e o rosto dizem o que o candidato não quer revelar. Abaixar os olhos mostra timidez ou temor – não serve para chefe. Rosto apoiado nas mãos tem significados diversos.

“Se ela apóia a cabeça totalmente na mão significa desinteresse. Se você quer prestar atenção em alguém, você não faz isso. Quando você tapa a boca com a mão, significa absoluta submissão ao que está sendo dito à você”, explica o psicólogo João Oliveira.

Interpretar sentidos e sentimentos nos gestos não é novidade, mas ganhou força a partir da década de 1960. João Oliveira oferece treino para esse reconhecimento. “Apenas um movimento é suficiente”, explica.

VEJA A MATÉRIA







Imagens: Rede Globo

LINK ORIGINAL - CLIQUE AQUI


Nenhum comentário: