PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

quarta-feira, 17 de junho de 2009

ANTT autoriza operação de trem de passageiros em Macaé


Macaé está cada vez mais próximo de ter veículo leve sobre trilho (VLT) para passageiros. Depois de estruturar o propósito de oferecer um novo modal de transporte, o ferroviário, aos usuários do Sistema Integrado, buscando as melhores práticas no Ceará, na Região do Cariri, o prefeito Riverton Mussi encontrou no Governo do Estado, na Secretaria de Estado de Transporte, o apoio técnico que precisava para deslanchar o projeto. E nesta terça-feira (16) uma comitiva comandada pelo secretário de Estado de Transporte, Júlio Lopes; pelo secretário Municipal de Mobilidade Urbana, Jorge Tavares Siqueira, Jorjão, e pela diretora de Desenvolvimento de Negócios da Ferrovia Centro-Atlântica (FCA), Silvana Alcantara de Oliveira, esteve na Agência Nacional de Transporte Terrestre (ANTT), em Brasília, em reunião com o diretor geral, Bernardo Figueiredo, que avalizou o projeto, autorizando a operação do VLT para passageiro.
- O município não poderia receber melhor noticia. Vivenciamos todos os dias dificuldades no Sistema Integrado de Transporte e apostamos como solução o modal ferroviário para passageiros – enfatizou o prefeito Riverton Mussi ao receber a notícia dada pelo próprio diretor geral da ANTT por telefone. E Bernardo Figueiredo ainda declarou: “O projeto é de extrema importância e deve ser modelo para outros municípios”.
Na mesa de negócios estavam todos os atores importantes no projeto. A FCA, que entende como possível a implantação do VLT uma vez que o trecho que corta o município está sem operação há mais de um ano e meio, quando deixou de fazer transporte de carga, atividade para a qual tem a concessão. A Secretaria de Estado de Transporte, que vem sendo agente de articulação e a responsável pela elaboração do estudo técnico de viabilização do projeto. O governo municipal, principal interessado na implantação por ter ciência da dificuldade do sistema hoje operante e da real demanda dos usuários que carecem de transporte a altura de suas necessidades. E a ANTT, que chega para fechar o ciclo, autorizando e subsidiando o município com aparato técnico que em muito favorecerá a implantação.
Ainda há, segundo o secretário Jorge Tavares Siqueira, etapas a serem cumpridas. Com o estado e a FCA, o município mantém permanente contato para elaboração do plano de ação que colocará o VLT nos trilhos. Na próxima segunda-feira estes três atores estarão novamente reunidos para discutir questões como o uso do trecho por parte da FCA e do Governo Municipal. Entendimentos iniciais indicam que o sistema de transporte de passageiros disporá do dia, enquanto a FCA, quando necessário, poderá trafegar a noite.

- O Estado está empenhado juntamente ao município de Macaé para ver a coisa acontecer. Os esforços, empenho e atenção por parte do secretario Julio Lopes têm feito toda a diferença neste processo, iniciado em março e que já hoje se consolida como uma ação concreta que transformará o sistema de transporte de Macaé, declara confiante o secretario de Mobilidade Urbana, que vem se dedicando pessoalmente ao projeto diariamente.
O diretor da ANTT disse que a instituição dará as condições mas que cabe ao município a organização e a implantação do projeto. O estado, através dos dados fornecidos pelo governo municipal, elabora estudo que já indica estações em número de oito no final do processo, iniciando com a implantação de cinco, sendo quatro periféricas e uma central, com dois desvios ativos para permitir o cruzamento de trens. Em termos operacionais, o estado aponta que esta deverá ser pendular em cada direção (Lagomar/Imboassica) partindo da estação central (Miramar), formando duas linhas: Central-Lagomar e Central-Imboassica, com intervalos de 30 minutos.
- O transporte por VLT de Macaé tem previsão de transportar 660 passageiros/hora pico, o equivalente a 8,25 ônibus padrão de 80 lugares -, informou Júlio Lopes já tendo por base dados disponíveis no estudo técnico do governo do estado.
O secretário Jorge Tavares Siqueira, satisfeito com a conquista de mais um importante aliado para o município, declarou que Macaé está desde março atuando para a viabilizar o projeto, que deve ter sua culminância em 2012, tendo em vista o cumprimento de todos os procedimentos técnicos, burocráticos e legais. “Em 2012 Macaé completará 200 anos e o VLT será o marco desta comemoração.”
Ainda segundo Jorjão, o caminho que Macaé vem percorrendo é o mesmo que São Paulo está iniciando, o que demonstra ser uma ação acertada. “A rede metropolitana de transporte público de passageiros e a região do ABC Paulista, que atualmente são servidas de maneira parcial pela Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e pelos ônibus da empresa pública, começam a discutir a proposta de implementar uma linha de VLT, ação que ganhou apoio da Secretaria dos Transportes Metropolitanos de São Paulo e das prefeituras da região, disse.”
Participaram ainda da reunião na ANTT, o diretor de Engenharia da Secretaria de Estado de Transporte, Bento José de Lima, adjunto da Diretoria da Engenharia da Secretaria de Estado de Transporte, Marcelo Neri; a coordenadora-executiva de Relações com o Governo da Companhia Vale do Rio Doce, Salma Torres Ferrari; e a assessora de Estudos e Projetos Especiais da Secretaria de Mobilidade Urbana, Claudia Márcia Manhães.
O prefeito Riverton Mussi, que esta semana se encontra envolvido com a Feira Brasil Offshore, se prepara para receber em Macaé, no inicio de agosto, o diretor geral da ANTT, Bernardo Figueiredo; o secretário de Estado de Transporte, Júlio Lopes; e o presidente da FCA, Marcello Magistrini, para a assinatura do contrato de operação do trecho.

Nenhum comentário: