PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

PRECISO DO SEU VOTO






Não só eu, todos nós que vivemos nesse Brasil: precisamos do seu voto de compromisso!

Que você continue lutando pelos seus (nossos) direitos com a mesma garra que defendeu o seu candidato e a mesma fúria que atacou os adversários.

Que tenha, independente de quem ganhe essa eleição, o mesmo ânimo para estar sempre vigilante e jamais cair no conformismo de aceitar o que nos é colocado como finalizado.

Tudo está em processo de mudança e você, com sua força política é peça fundamental nisso.

Se o candidato adversário ganhar essa eleição, cobre dele com força o que você considera eticamente correto para todos.

Caso seja o seu candidato que ganhe você terá ainda mais poder para solicitar o que é certo: nossos direitos.

Não acalme seus ânimos nunca! Não perca essa energia nunca! Use essa máquina política que você se transformou para ajudar a mudar o nosso país: sempre!

Segunda feira começa sua nova missão.

Todos nós contamos com você! Com o seu compromisso de luta!

O Brasil precisa disso... bem direcionado.



Escrito pelo cidadão brasileiro nato: João Oliveira

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

VOCÊ ESTÁ A SEU FAVOR OU CONTRA VOCÊ MESMO?



A vida nos dá muitas informações todos os dias e é preciso selecionar muito bem em que vamos colocar nosso foco. Pessoas se perdem no medo, ódio ou desespero. Se não tomarmos cuidado, acabamos envolvidos e arrastados para a sintonia de emoções perturbadoras que prejudicam nossa saúde e nossa paz. 

Por isso é preciso atenção plena às suas próprias escolhas e saber se posicionar diante das armadilhas do medo, da angústia, da ansiedade e da antecipação de problemas que cotidianamente chegam até nós, mesmo que venham daqueles que mais amamos. 

Assim como um salva-vidas é treinado para entrar na água e tirar alguém que está se afogando, precisamos estar capacitados para acolher e ajudar sem nos afogarmos junto, pois um salva-vidas que não sabe nadar, não pode tirar ninguém da água. 

Estar a favor de si mesmo implica em “orar e vigiar” constantemente para que você não se perca de si mesmo, da sua luz. Atenção aos detalhes, ao que você dá voz na sua mente, aos perigos de especular sobre possibilidades infundadas, pois você pode se direcionar para a sintonia que a boca afirma que não deseja, mas os pensamentos, emoções e ações acabam te colocando lá. E, quando você menos percebe, a sintonia de luz e paz que você batalhou para alcançar se torna obscura. 

Cada um de nós cria a própria realidade. Então, você está a seu favor ou contra você mesmo?

Por Beatriz Acampora

terça-feira, 16 de outubro de 2018

O PODER DAS PALAVRAS: reconectando pessoas




Fiat Lux! A palavra criadora e que nos deu a vida e o Universo. A palavra tem poder. É a partir dela que as regras são construídas, as leis são implantadas, a vida em sociedade é possível e as emoções são declaradas.

Cada palavra proferida tem uma intenção, deseja provocar algo. Às vezes até parece que as palavras têm vida própria, pois aquilo que se fala pode ser muito distinto daquilo que se compreende. A valorização da palavra depende daquele que as recebe, com seu cabedal de conhecimento, experiências e modos de interpretar o mundo.

Será que aquilo que uma palavra significa para você é o mesmo que uma outra pessoa irá entender? E ainda tem o modo como algo é dito ou escrito. Muitas vezes, há uma intenção positiva por trás de uma comunicação, mas o desejo de ter razão, o ego ou até mesmo a discrepância entre a intenção e a emoção colocada, pode acarretar em um resultado desastroso.

Aproximações e afastamentos, conexões e rupturas, sentimentos e encontramentos têm a forte influência da expressividade que as palavras versam. São elas as bases da conquista de si mesmo, pois feliz é aquele que sabe o que diz para si nas dificuldades e nos momentos de glória. Quem utiliza o poder das palavras para se conectar consigo mesmo possui a honra de construir uma residência sagrada para o seu ser cotidianamente.

E se as palavras têm poder, o que dizer do silêncio, que permite a reflexão, possibilita o vazio de colocações e, ao mesmo tempo, preenche de significado um momento.

No fio das palavras se encontra a condutividade para as conexões perdidas. Um fio tão poderoso que permite que a luz da vida e do amor seja levada de uma ponta a outra como uma onda de energia que toca, encanta e transforma.

E assim, mantras, orações e recitações milenares têm a força para o (re)conectar consigo, com o outro, com a vida e o Universo. Então, o que há por trás do poder das palavras? A intenção. É a sua intenção que (re)move barreiras. A intenção, seja no pensamento, na emoção ou na ação, encontra o eco que traz de volta os ventos da prosperidade e da paz ou da discórdia e do desassossego.

Tudo o que você coloca no mundo, inevitavelmente retorna para você, por isso é preciso ser honesto consigo mesmo e avaliar o melhor momento para fazer o exercício a seguir, pois sua intenção é a cola, o elo de ligação e estará declarada no poder das palavras.

A técnica da condutividade para a conexão perdida se dá da seguinte forma:

1) encontre um espaço silencioso e sente-se;

2) pense na pessoa com quem deseja se reconectar;

3) fale o nome da pessoa em voz alta e agradeça e ela, dizendo: “Fulano(a), eu te agradeço” (se perceber a necessidade de perdão, diga também: “Eu me perdoo, eu te perdoo, eu peço perdão”);

4) escolha 3 palavras positivas que gostaria de dar de presente para essa pessoa e repita algumas vezes estas palavras, dizendo: “eu lhe dou......”;

5) Escolha uma palavra positiva de conexão entre você e essa pessoa, dizendo o seu nome, a palavra de conexão positiva e o nome da pessoa, ao final diga “Eu me conecto a você com amor” e imagine um feixe de luz saindo de você e chegando à outra pessoa;

6) Diga: “eu dou poder às palavras e que elas percorram o Universo e encontrem ressonância”;

7) Agradeça a si mesmo, à condutividade e conexão criadas, à pessoa para quem direcionou sua intenção positiva através das palavras.

Você também pode adaptar a técnica para se conectar consigo mesmo, falando seu próprio nome, se perdoando, escolhendo palavras positivas para dizer a si mesmo, reforçando seu elo consigo e seu poder pessoal. Ou a adaptação pode se dar com objetivos distintos, como ajudar pessoas a recuperar a saúde, a ter força em um momento difícil, a superar problemas, a ser felizes. O que importa é a sua intenção positiva e como a direciona para as palavras colocadas.

Da mesma forma que uma fonte de água pura se amplia durante seu percurso, quanto mais a energia positiva e construtiva é projetada, mais ela é produzida e expandida. Quanto mais você doa, mais você recebe: é a lei natural do Universo.

A criação está em toda a parte, a cada instante, promovendo diferentes estados de percepção, talvez seja possível transformar o modo de enxergar as coisas neste momento, recriando a realidade a partir do seu poder pessoal e das palavras que você escolhe hoje para fazer diferente, criar aproximações, conexões e uma vida repleta de alegria, amor e bem-estar, em um alinhamento contínuo com as ações, trazendo coerência, crescimento e paz para a sua vida.

Por Profa. Dra. Beatriz Acampora

terça-feira, 2 de outubro de 2018

EXPERIMENTO DOS SONHOS COMPARTILHADOS





LEIA ANTES DE ENTRAR EM UM DOS GRUPOS


Os riscos que esta pesquisa informal pode causar aos participantes são mínimos, sendo eles: possível incômodo ao ser levado a introspecção e percepção de um determinado problema vivido por conta de lembrança dos sonhos nos dias do experimento não havendo, portanto, comprometimento para o seu bem-estar.


Sua participação neste estudo é absolutamente voluntária. Dentro desta premissa, todos os participantes são absolutamente livres para, a qualquer momento, negar o seu consentimento ou abandonar o processo se assim o desejar, sem que isto provoque qualquer tipo de penalização.


Mediante a sua aceitação, espera-se que participe lendo os textos enviados nos dias e horários marcados e, acima de tudo, siga as instruções determinadas pelo pesquisador responsável durante a realização da pesquisa para a devolução do conteúdo sonhados que possa ser lembrado.


Os dados colhidos na presente investigação serão utilizados para subsidiar a confecção de artigos científicos, mas os responsáveis garantem a total privacidade e estrito anonimato dos participantes, quer no tocante aos dados, quer no caso de utilização de imagens, ou outras formas de aquisição de informações. Garantindo, desde já a confidencialidade, a privacidade e a proteção da imagem e a não estigmatização, escusando-se de utilizar as informações geradas pelo estudo em prejuízo das pessoas e/ou das comunidades, inclusive em termos de autoestima, de prestigio ou de quaisquer outras formas de discriminação.


Seu consentimento


Após a leitura do presente Termo, e estando de posse de minha plenitude mental e legal, ou da tutela legalmente estabelecida sobre o participante da pesquisa, declaro expressamente que entendi o propósito do referido estudo e, estando em perfeitas condições de participação, dou meu consentimento para participar livremente do mesmo no ato em que clico no link para entrar em um dos grupos de WhatsApp do referido estudo informal.




GRUPO 01 - COMPLETO TENTE O PRÓXIMO GRUPO


GRUPO 02 - COMPLETO TENTE O PRÓXIMO GRUPO


GRUPO 03 - COMPLETO TENTE O PRÓXIMO GRUPO

GRUPO 04 - COMPLETO AGUARDE O PRÓXIMO EXPERIMENTO



A protocolo deste experimento foi desenvolvido pelo Prof. Dr. João Oliveira, psicólogo e autor de livro sobre o tema. Todos os detalhes serão apresentados aos participantes via grupo e WhatsApp.