PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

quarta-feira, 21 de fevereiro de 2018

PORTA ABERTA




Por Prof. Dr. João Oliveira



Existe uma grande preocupação para o enfrentamento do processo de recrutamento e seleção. Podemos encontrar vários livros que ensinam técnicas de como o candidato, futuro colaborador, deve se portar e com detalhes que vão da melhor forma de exprimir sua linguagem corporal até dicas de como enfrentar as dinâmicas e entrevistas. No entanto, não há grande preocupação com o processo de saída da instituição. Praticamente ninguém é treinado para, no momento da saída de uma empresa, fazer isto da melhor forma possível para deixar a porta aberta caso algum dia precise voltar ou, o melhor, causar uma excelente impressão, nos momentos, que poderá ser seu cartão de visita para futuras oportunidades. Isto possui um nome forte no meio organizacional chama-se: “referências anteriores”!

Na tentativa de ser pragmático elaboramos algumas dicas comportamentais de como agir corretamente neste momento tão critico na vida de um profissional, são 10 pequenas regras:

1) Não diga todas as verdades que tem guardado dentro de si sobre seu chefe e colegas de trabalho. Se eles lhe incomodavam tanto assim deveria ter saído antes da empresa.

2) Termine suas tarefas (caso realmente tenha) mesmo depois que receber o aviso de demissão. Diga que você possui compromisso de entrega de material assumido com outros profissionais da empresa e não gostaria que eles fossem prejudicados por isto.

3) Não espalhe que a empresa está começando a demitir pessoas que produzem. Isso poderá gerar um desconforto geral na instituição.

4) Se a decisão de sair da empresa for sua, comunique com muita antecedência para dar tempo ao seu gestor de arrumar um substituto para sua função.

5) Jamais grave um vídeo e coloque no youtube alertando futuros funcionários sobre a ética interna da empresa que está deixando. Vídeos são para sempre!

6) Passe suas responsabilidades e deveres com exatidão para o seu substituto. Nada de esconder procedimentos a fim de prejudicar seu substituto.

7) Não coloque senhas nos arquivos e, nem saia deletando tudo só de raiva. Deixe tudo funcional para que o próximo colaborador do setor possa dar continuidade ao trabalho.

8) Agradeça todos os seus gestores e companheiros da empresa que está se desligando pela oportunidade de crescimento durante sua estada por lá. Se possível, leve uma lembrança, pequeno presente de despedida, para seu superior imediato. Um gesto como este jamais será esquecido.

9) Sempre fale muito bem da empresa e de todos que estavam ao seu lado. Não importa o motivo de sua demissão, sempre tenha respeito pelas pessoas. Ninguém gosta de quem fala mal (mesmo que seja verdade) de antigos companheiros.

10) Mantenha a cabeça erguida e sorria lembrando que se foi demitido terá alguma indenização para receber e se vai para uma oportunidade melhor é porque foi sua escolha. De uma maneira ou de outra, mantenha sua autoestima elevada para que todos se recordem de como você enfrentou com dignidade a situação.


São regras simples, apenas algumas e, na verdade, você pode fazer muito mais no enfretamento de uma situação como esta. Certo é que nenhum profissional gosta desta parte da relação, afinal, é sempre difícil deixar um grupo onde se está inserido. A tristeza ou raiva pode querer dominar seu modo de ser. Se você começar a se sentir assim procure um local mais isolado e se recomponha, não permita que o sentimento se instale e contamine os demais colaboradores. Administrar bem as emoções é a característica mais requerida em bons gestores, quem sabe, este processo pode estar sendo útil em seu amadurecimento profissional.




Nenhum comentário: