PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

FUTURO




                    

                 Era o ano de 1965, mês de setembro, um senhor de 69 anos estava sentado na sombra de uma árvore no Central Parque em Nova Yorque. Ele cantava um mantra ao mesmo tempo que batia dois pequenos pratos de metal fazendo um ritmo monótono porem hipnótico. Alguns jovens hippies, movimento da contracultura daqueles tempos, sentaram à sua volta para ouvir tal música diferente e cativante.


            Um dos jovens, mais ousado, perguntou: “– Quem é o senhor? É algum músico aposentado?”. Altivo, o idoso respondeu: “- Sou  Srila Prabhupada, presidente da Sociedade Internacional para Consciência de Krishna!”. O jovem espantado questiona: “- Mas o que é isso?”. Srila Prabhupada responde sem perder o tom: “ – Trata-se de uma confederação mundial de mais de cem centros, escolas, templos, institutos e comunidades rurais. Contamos com mais de 50.000 adeptos em todo o mundo!”  Pasmo o jovem hippie finaliza meio descrente: “ – E onde está tudo isso?” – Prabhupada responde: “- No futuro meu jovem, está tudo pronto no futuro!”. Naquele dia Prabhupada tinha, em seu bolso, apenas um dólar e, pouco antes de morrer em setembro de 1977 seu futuro estava pronto e até um pouco maior que sua previsão inicial.


            A lição desta história é que o futuro pode mesmo estar pronto para quem acredita nele. Fazer planos, traçar metas, não deve ser algo que ative ansiedade e sim algo prazeroso de ser idealizado. O grande dilema dos dias atuais é o curto prazo para pequenas tarefas, elas ocupam a mente e bloqueiam um traçado mais apurado a longo prazo.


            Estamos preocupados com o almoço, o jantar, o final de semana, as provas, o salário, as prestações, nossos filhos... São tantos cenários que a mente não consegue, muitas vezes, focar no grande projeto existencial. Para tal, é necessário um distanciamento do mundo, um afastamento temporário para o questionamento maior sobre nosso trajeto neste plano: o que queremos da vida?


            Pense no chocolate mais gostoso da caixa. É o que você guarda para comer por último? Essa maneira de pensar coloca sempre para depois o melhor da vida. Algumas pessoas estão esperando se aposentar, juntar dinheiro, se formar e tantas outras desculpas que ocupam o tempo e não permitem usufruir da vida todos os chocolates deliciosos.


            Pare um minuto (pode demorar mais) e descubra o que lhe dá prazer e como pode conciliar isto no seu dia a dia. Agora se projete no futuro: O que você deseja? Qual o presente que você pode se dar para daqui a – sei lá? – vinte anos? Será que você merece algo de bom? Como pode construir isto, um pouco a cada dia?


            Preste atenção, pois são duas etapas distintas: viver o momento e projetar o futuro.


            Quando o futuro está em sintonia com o seu prazer no presente, a vida segue como um barco em mar sereno. Todos os dias a vontade de viver é renovada. Não são necessárias renúncias dolorosas para que o amanhã seja premiado. Mas também não devemos mergulhar no instante sem preservar algo para o nosso eu distante.


            Equilíbrio seria a palavra mais certa junto com a confiança de ter um desenho claro do caminho a seguir. Projetar, viver e seguir dão ao ser humano a capacidade de se reconstruir a cada dia.


            Faça planos, mire o futuro, mas não se esqueça de saborear o dia de hoje!


 Por: Prof. Msc. João Oliveira - Psicólogo -

Nenhum comentário: