PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

sábado, 8 de outubro de 2011

O MEDO DE VENCER



Em nossa cultura valorizamos por demais o esforço e sofrimento para se alcançar algum objetivo prazeroso. Analise comigo, desde pequenos somos levados a pensar que: “- Só mesmo com muita luta vencemos na vida!”. Não há, em princípio, nada errado nesta afirmação. Apenas levamos isso muito ao pé da letra por toda a vida e, nunca chegamos a ser merecedores de vivenciar os frutos do nosso trabalho, pois não sabemos a hora de parar de sofrer/lutar.

Vamos tentar colocar por outro ângulo: você se acha merecedor do que têm?

Pois bem, a maioria das pessoas não consegue aproveitar dos benefícios, que tanto lutaram para possuir, pois acreditam que não foi feito esforço suficiente. Ou, ainda pior, que algo está errado, pois ela finalmente venceu.

A hiper valorização do sofrimento pode começar, em nossa cultura, pela religião. Afinal, Jesus morreu na cruz para nos salvar!  Este deve ser o ponto que, inconscientemente, nos leva a querer percorrer sempre um caminho mais doloroso e longo. Quando conseguimos um prêmio, achamos que não foi devidamente merecido, não sofremos (ainda) o suficiente por ele.

Provavelmente você não pensa assim! Parabéns! No entanto muitas pessoas não são felizes e nunca aceitam que venceram na vida. Elas sempre se perguntam o quanto realmente merecem do que possuem.

Poderíamos chamar isso de baixa autoestima, estaria certo, mas não explica de onde vem este sentimento, essa ausência de valorização próprio do ser. Por que o medo de vencer?

Podemos usar a própria religião para isso. Bastar escolher o texto correto! Afinal, somos feito a imagem e semelhança do Criador! E, tudo que podemos ver e tocar foi criado para ser vivenciado por nós. Ora, sou merecedor de usufruir de toda a criação. Cada detalhe foi orquestrado e existe por minha causa.

Pense desta forma: sem você, nada existe! E, acredite, ainda sem você, tudo continuará existindo. A diferença reside no fato que, sem você, nada existira para VOCÊ! Quem perde ou ganha, por estar vivenciando ou não, é –justamente- você. Quem é a pessoa mais importante do mundo então?

Não questiono, de forma alguma, que o sofrimento vivenciado pelo Pai de todos nós, pois foi necessário como ensinamento. Mas, Ele fez isto justamente para que não precisássemos passar por tudo novamente. Não pense que este texto é religioso, estou confirmando o que já está colocado em alguns, um sofrimento que não tem fim, pois jamais seremos capazes de trocar de lugar com Ele.

Então, em sua honra e glória, serei feliz hoje, utilizando tudo que Ele permite dentro de sua Lei maior. Sou merecedor de tudo, desde que não prejudique ninguém.

Experimente! Considere-se um vencedor ao poder ler estas palavras! Afinal, você pode entender o que está metaforizado aqui. Não sei o exato tamanho de sua alegria e da sua vitória tão duramente conquistada, mas sei que sua dor (seja ela qual for) pode ser bem menor.

Abra a janela da percepção para ver sua própria vitória.

Nenhum comentário: