PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

domingo, 30 de janeiro de 2011

Novo Cenário do DE OLHO NA CIDADE

sábado, 29 de janeiro de 2011

A Camisa de Adão



Imagine que o paraíso foi feito para que, tanto Adão, como Eva, andassem pelados sem o menor pudor. Um dia, porém, Adão ganha uma camisa e, mesmo sem se sentir a vontade com aquele pedaço de pano, resolve usar para fazer agrado a sua parceira.

Aquilo é um incomodo. Coisa mais chata e ainda não veio com a calça, é só a camisa mesmo! Ele anda pelo Jardim do Éden e todos os bichos zombam dele. Mesmo muito chateado ele usa a tal peça de roupa, até que, um dia, ele se acostuma e passa a acreditar que aquela camisa nasceu com ele, como se fosse uma segunda pele.

O que, em nossas vidas, já está tão colado em nossa pele que parece que nascemos assim? Algumas pessoas podem, inclusive, nem saber o que dizer no primeiro momento. Tal a profundidade em que está alojado o incomodo. Agora, essa pequena dor, não é mais percebida como algo desnecessário.

Todos têm algo assim. Faz parte da natureza humana essa adaptabilidade, uma condição de se acostumar com o não natural e o que fere a nossa condição de felicidade plena. Isso é tão forte que até arrumamos uma desculpa para o fato: - “Sou assim mesmo.”; - “Mereço isso, afinal fui mau filho.”; -“Não sou bom o bastante para merecer algo melhor.” E por aí vai as inúmeras frases pré-fabricadas que sabemos bem dizer. Sim! Antes que eu me esqueça, tem a melhor de todas: -“Castigo! Deus está me castigando, devo ter feito algo errado!”.

Será que somos mesmo obrigados a usar a camisa de Adão? Quantos de nós conseguimos alterar nosso destino? O futuro é feito pelas nossas mãos. O passado é importante, mas é passado! As dores, que passamos, formam o alicerce deste futuro, precisas delas como parâmetro de mudança e não, como uma presença marcante. Foi ruim. Não é mais necessário continuar a sentir, ecos do passado, como pedras atiradas.

Rasgue essa camisa apertada. Ande desnudo. Assim fomos feitos: perfeitos! A natureza humana é ser feliz, mas, o próprio homem, constrói a sua caverna.

quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Fala sério ... Essa foto vale um real!

Agora!

Liderança Inteligente - Nova turma em 01 de Fevereiro

Agora as terças a noite !

O ISEC, Instituto de Psicologia Ser e Crescer, abre inscrições para a primeira turma de 2011 do Curso de Liderança Inteligente.

O curso aborda várias técnicas como, por exemplo: técnicas de persuasão, neurolinguistica, técnicas de relacionamento interpessoal, interpretação de sonhos, auto hipnose,reconhecimento de micros expressões faciais e muito mais.
Sairão aptos (as) para:

1) Usar a influência para aumentar a produtividade e reduzir conflitos entre seus liderados;

2) Identificar o perfil das pessoas;

3) Descobrir como e porque influenciar;

4) Utilizar os tipos de influência que existem;

5) Adotar a postura e o comportamento de um bom líder;

6) Administar emoções e idéias.

Lembre-se:

"Aquele que conhece o inimigo e a si mesmo, ainda que enfrente cem batalhas, jamais correrá perigo. Aquele que não conhece o inimigo, mas conhece a si mesmo, às vezes ganha, às vezes perde. Aquele que não conhece nem o inimigo nem a si mesmo, está fadado ao fracasso e correrá perigo em todas as batalhas." SUN TZU

Não perca esta oportunidade!

Mais detalhes:

http://www.isec.psc.br/cursos/curso_lideranca.html

Vai largar! São Sebastião!

sábado, 15 de janeiro de 2011

A MORTE DE LÁZARO

A única certeza que temos na vida é, provavelmente, a que mais assusta às pessoas: a morte.

Todos os seres que rastejam, voam, cavam, nadam ou andam, um dia cessam de vez suas atividades. Desde que o mundo é mundo.

Esse plano não foi desenhado só para nós, pois até as estrelas entram em colapso e se tornam buracos negros. Um ótimo paralelo para a morte pois dele nada escapa, nem a luz.

No México é uma Santa, no Japão um culto diário aos que se foram, na Índia um breve momento e para muitos de nós, um renascimento.

Mas, e a espera? E a sensação de perda?

Não gostaria de falar da própria morte, até porque, para mim, pessoalmente, isso está bem resolvido. Não a temo. Não a anseio. Aguardo.

Então, com a devida licença dos estudiosos da Bíblia, peço perdão pela interpretação que farei a seguir de uma das histórias mais conhecidas do Livro da Lei: a Ressurreição de Lázaro. Faço isso, apenas, como uma reflexão humana e leiga, de quem quer aproveitar cada palavra como forma de aprendizado para a nossa jornada. Portanto, sem nenhuma outra intenção. Meu breve raciocínio:

Jesus estava distante de Betânia onde residia Lázaro e suas irmãs, Maria e Marta. Quando informado da doença de Lázaro, Jesus já sabia, exatamente, o que iria ocorrer e não parte, imediatamente, para visitar a família, fazendo-o, somente depois de sua morte, Quatro dias depois, Ele, finalmente, chega à casa e vê, com certeza, o luto estampado no rosto de todos. Neste momento, Jesus chorou (João 11:35 - "E Jesus chorou").

Nosso questionamento se dá na pergunta: por que Jesus chorou?

Ele tinha um plano, sabia que dentro de instantes iria ressuscitar Lázaro e tudo estaria resolvido. Então por que Ele se comove?

Três pensamentos passam pela minha cabeça e gostaria de compartilhar com quem lê este texto:

1) Ele chora, porque vê a tristeza no rosto das irmãs, sua família íntima, e deve ter pensado como elas, que tiveram a oportunidade de ouvir, diretamente, a sua Palavra, e entenderam, assim, as boas novas do Senhor. Ou seja, Ele não estava cumprindo bem a missão do Pai e isso poderia se refletir por muitos anos à frente.

2) Pode ter chorado também ao perceber que havia medo nos rostos. Isso! Ao ver o irmão morto, as irmãs podem ter se dado conta da própria mortalidade e, com isso, o medo pode ter aflorado em suas consciências. Mais uma vez houve falha no entendimento da Palavra.

3) Mas, outro motivo ainda é possível de ter ocorrido na ocasião. Jesus pode ter ouvido os diálogos enlutados do tipo: - E agora? Quem vai cuidar de nós? Ou, Lázaro era tão bom para nós, como ficaremos sem ele? (Lázaro era arrimo de família). Isso pode ter feito Jesus pensar que aquele choro era de egoísmo. Sim, a falta que o outro vai fazer para mim! Não o destino do outro! O outro, que me dava presentes, me fazia sorrir, conversava comigo. Ele não está mais aqui e vai me fazer muita falta: egoísmo.

Então, mesmo com lágrimas nos olhos, Jesus diz: ”- Pai, graças te dou por me ouvires. Tu ouves-me sempre, mas digo isto por causa de toda a gente que aqui está, para que creiam que me enviaste. Então Jesus mandou, em voz muito forte: Lázaro, sai!” (João 11: 41 – 43)

Mas, será que é isso? Choro do egoísmo?

Somos muito egoístas mesmo! E olhando por nós, agora, o Senhor deve estar em lágrimas novamente. Claro que entendemos sua palavra, Senhor, mas somos humanos. Desculpe minhas lágrimas, aguardo a ressurreição. Mas, é essa espera Senhor, e essa falta...

Obs. Ontem, 14/01/2011, deixou esse plano o Léo, meu afilhado e sobrinho, de 23 anos, vítima da BR da Morte (101). Não ouvi nem disse tudo, espero poder, um dia...

sábado, 8 de janeiro de 2011

O que faço com a idade?


A idade é algo imaginário.
Tenho a idade que penso.
O corpo, esse ordinário,
é que pensa por si mesmo.

O passar do tempo transforma o corpo e (pelo menos se espera) torna a mente mais madura. Todos os anos têm a tal data. Muitos festejam como se fosse algo maravilhoso, já outros escondem como se, a própria morte, estivesse mandando um e-mail.


Quanto tempo viveremos? Estamos aproveitanto bem o que temos?


E o caminho? Sim! O caminho! Estaremos, nós, no caminho certo de nossas vidas?


Vá lá você pensar que poderia ter sido um ótimo pianista ou, quem sabe, um excelente vendedor de frutas no mercado. Que sabe eu seria um alpinista? Paraquedista? Eu nunca tentei pintar xícaras de porcelana...


Então, ao olhar para a frente, e ver, o dias caindo como peças de dominós enfileiradas, bate uma incerteza do que ainda podemos fazer nesta vida.


Na certa este não é o seu caso!


Acredito que você tenha absoluta certeza de ter feito a escolha certa e de estar vivendo a melhor realidade possível. Bem, se você pensa assim, parabéns! Deve ser o único da espécie humana e, portanto, muito feliz!


Na verdade estamos sempre prospectando possibilidades infinitas de adquirir prazer e felicidade. Prova disso é essa busca, idiota, pelas drogas. A necessidade do experimento novo da atividade excitante. Nada sacia essa fome.


- Onde? - pergunto eu ao vento – Será possível encontrar a resposta a estes anseios humanos neste nosso mundo físico?


- Em lugar nenhum! – Ouço, um som baixinho, responder. Voz que ecoa desde 243 a.C., pelo menos.


Nós não somos seres materiais e, olhe que não disse que era alma ou espírito. Preste atenção! Pode ser que seja também, tudo isso e muito mais. Mas, o querer do mundo imaginário, ideal, onde o que pensamos é feito de sinapses neurais, fagulhas eletro-quimicas que pulam entre as fendas microscópicas, nos tornam, fisicamente, mais simples.


É isso que somos? Bilhões de pequeninas luzes?


Não acredito na redução. No entanto o efeito pode ser sentido no mundo real. Aquilo que desejamos com a mente, o que idealizamos, nunca vai existir no mundo em que vivemos pois, em sua origem, foi criado da imatéria. Do nada, do pensar...


Para resolver esse dogma bastar lembrar do que Cristo nos disse: “- Se pensou no adultério, já cometeu pecado em pensamento.”


Então tem salvação! Posso ser feliz e realizar tudo que o quiser em pensamento.


Não há diferença!


Entendeu a moral da história?


Água lava água
O nada se expande sozinho
O infinito é grande e pequenininho
Então, posso ser feliz sozinho.

segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

PALESTRAS - AO VIVO - EM SALAS VIRTUAIS

Serão duas palestras virtuais /GRÁTIS/ no dia 14 de janeiro

Autoestima de Saúde às 18h00- Com a Professora Mestre Beatriz Acampora
Inscrição: http://isec.psc.br/auto

Liderança Inteligente às 21h00- Com o Professor Mestre João Oliveira
Inscrição: http://liderancainteligente.com.br/


Inscreva-se logo pois são apenas 50 vagas para cada Sala Virtual