PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

segunda-feira, 31 de maio de 2010

UFO - No Fantástico

Noivado do Victor com Michelle

Estou ganhando uma filha!!!!

O que é isso nos céus da Moscou?

domingo, 30 de maio de 2010

Ato cancelado em Campos.


Os organizadores do ato em solidariedade à prefeita Rosinha Garotinho, marcado para a próxima terça-feira (01/06), no Calçadão, decidiram suspender temporariamente sua realização, em função de uma mensagem, de próprio punho, enviada pela prefeita.

sexta-feira, 28 de maio de 2010

Como é que é mesmo?

Aprenda com quem sabe...

Vai lá, tente dizer o que está havendo...

As vezes eu toco e canto essa quando estou triste...

Luz no céu da Chapada dos Guimarães atrai curiosos e amantes de ufologia




Do site de Notícias do Globo On Line : Siga o Link

CUIABÁ - Uma luz no céu atraiu grande número de curiosos, em sua maioria amantes da ufologia, ao Terminal Turístico Salgadeira, a 51 km de Cuiabá, na Chapada dos Guimarães, na noite de quarta-feira. O primeiro registro fotográfico foi feito às 17h25m e até as 19h56m as pessoas dizeem terem visto uma estranha luz, em formato de disco horizontal, com reflexos espelhados. Segundo uma das integrantes da diretoria da Aderco - Associação de Defesa do Rio Coxipó, Valdirene Costa, a luz emitia fachos contínuos, fortes.

- Quem viu e fotografou primeiro foi a cantora Jully (Maria Generosa da S. Hobsbach), hóspede na Salgadeira. Ela diz ter ficado estática quando percebeu que aquela luz parecia se movimentar meio de lado, imobilizando-se por minutos seguidos. Não descia nem subia; ficava lá, parada. Como se observasse o entorno dos paredões. Ou o que acontece nas proximidades.

Valdirene ainda acrescenta que, durante os anos de trabalho ecológico na região da Salgadeira, já assistiu fenômenos parecidos, mas evita mencioná-los por temer que ninguém acredite.

- Já vi outras luzes, e até uma espécie de tocha de fogo sibilante, voadora. Algo bem esquisito, como se fosse uma vassoura aérea. Varria as extremidades dos paredões e sumia mata adentro. Muitos viram essa tocha.

Também José Carlos Bazan ("Pardal'), gerente administrativo do terminal, testemunhou a aparição da luz do suposto Objeto Voador Não Identificado (OVNI).

- Se era, não sei. Mas que estava lá, estava. Irradiava uma claridade anormal, ofuscante, metálica. Não era avião, posso assegurar. O Sol, observei, se encontrava do lado oposto, no sentido de Cuiabá. E nem lua havia, pra não dizerem que podia ser isso. Ela (a lua) só surgiu mais tarde, em outro ponto. Enquanto a luz ainda continuou por lá, até desaparecer por completo - contou.

O menino Pedro Vithor da Costa, 8 anos, afirma também ter testemunhado o gracioso balé dessa luz, quase imperceptível, que ondulava lateralmente - descreve - após alguns minutos estática nas proximidades do paredão.

- Não fiquei com medo. Era uma luz até bonita. Mas ela se movimentava às vezes, dava pra perceber. Só sumiu mais tarde, à noite. Muita gente acampada por aqui viu e a fotografou. Alguns até filmaram.

quinta-feira, 27 de maio de 2010

Dr. Paulo Arthur participou da apresentação

Grupo 02 - Realidade das Pessoas Que Trabalham e Estudam

Grupo 01 - Doenças Psicossomáticas

Grupo 05 de Metodologia: Linhas de Abordagem em Psicologia

Leandro Terra, do Instituto Precisao

Fala para a turma de Metodologia de Pesquisa em Psicologia.

Julio Lopes comemora inauguração da ampliação do Aeroporto de Cabo Frio


Depois de três anos de operação, e apresentando índices surpreendentes de crescimento, o Aeroporto Internacional de Cabo Frio passou a contar com um novo conjunto estrutural, que potencializará ainda mais sua capacidade de funcionamento. Julio Lopes, que em sua gestão como Secretário Estadual de Transportes, foi um dos responsáveis pela construção e inauguração do Aeroporto Internacional de Cabo Frio, participou ao lado do Governador Sergio Cabral e, do Deputado Estadual Paulo Mello, na manhã desta quarta-feira, 26/5, da inauguração das obras de ampliação do terminal aéreo, que é fundamental importância para o avanço da indústria de petróleo e do setor turístico na região.

As melhorias contaram com a pavimentação da estrada de acesso ao aeroporto; a ampliação do terminal de cargas, que ganhou mais 10 mil m2 de área coberta; ampliação de área de pátio de aeronaves; um novo e exclusivo terminal para atender a Petrobras, que inclui um pátio para pouso e decolagem de helicópteros; e um novo prédio administrativo para os órgão de fiscalização, como Receita Federal, Polícia Federal, Anvisa e Vigiagro.

O aeroporto teve um crescimento de 65% em volume de cargas de 2008 para 2009, o que resultou em um faturamento de R$ 40 milhões, apesar da crise mundial. Em 2007, a receita bruta do aeroporto era de pouco mais de R$ 9 milhões. Em 2008, a cifra aumentou para R$ 14,5 milhões, chegando aos R$ 40 milhões no ano passado, mais do que o dobro do ano anterior. Em volume, foram transportadas 15,7 mil toneladas em 2009, contra 9,5 mil toneladas em 2008. Também em 2009, o aeroporto movimentou, em carga, mercadorias no valor de US$ 525 milhões, o que gerou uma receita tributária de R$ 157 milhões.

- Este equipamento é de vital importância para o aquecimento da economia local, assim como de todo o estado do Rio. Aquela região merece um aeroporto dotado de tal estrutura física e tecnológica, por seu potencial de exploração mineral e por suas características física e climática, ideais para a prática turística. Estou certo de que com estas ampliações, a Região dos Lagos continuará se desenvolvendo, de forma muito mais ágil estruturada – explicou Julio Lopes.
Para o governador Sérgio Cabral, o aeroporto de Cabo Frio, que é o maior operador de cargas aéreas administrado pela iniciativa privada no país, é um exemplo a ser seguido pelo aeroporto internacional da cidade do Rio de Janeiro.

- O sucesso mais do que expressivo do aeroporto de Cabo Frio é a prova da funcionalidade da parceria público-privada neste setor. Este tipo de ação acontece em diversas partes do mundo. É bom para a sociedade, para os governos e para a classe empresarial. Todos saem ganhando, com mais emprego e mais prosperidade – ressaltou o governador.

Semanalmente o aeroporto recebe vôos internacionais, principalmente vindos do Chile e da Argentina, também há pelo menos dois cargueiros internacionais, a maioria deles com origem dos EUA. A partir de junho serão implantadas conexões fixas com o Rio aos sábados, e em julho com São Paulo, às quintas e domingos, visando a permanência de turistas paulistanos durante os finais de semana. Hoje, o aeroporto transporta uma média diária de 300 passageiros por dia. A meta dos operadores é de que fechem o ano com mil usuários diariamente.

O evento contou ainda com a presença do vice-governador, Luiz Fernando Pezão, do secretário estadual de Transportes, Sebastião Rodrigues, do presidente da Alerj, Jorge Picciani, do presidente do DER, Henrique Ribeiro, entre outras autoridades.

Texto de Thais Martins e Peter Barcelos com foto do Fábio Ferreira

TRE-RJ torna casal Garotinho inelegível e cassa mandato de Rosinha

Retirado do site do TRE - RJ

O Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro cassou o mandato da prefeita de Campos dos Goytacazes, Rosângela Rosinha Garotinho por abuso do poder econômico. Ela foi beneficiada pelas práticas panfletárias da rádio e do jornal O Diário, durante a campanha nas eleições 2008. Como Rosinha Garotinho obteve mais de 50% dos votos, o Tribunal convocou novas eleições para o município. O uso indevido dos meios de comunicação social também levou a Corte a tornar inelegíveis por três anos a prefeita cassada e o pré-candidato ao governo do Rio, Anthony Garotinho, além de três comunicadores da rádio O Diário.

Os políticos ainda podem recorrer ao Tribunal Superior Eleitoral, com efeito suspensivo. O julgamento chegou a ficar empatado em três votos a três. Coube ao presidente do TRE-RJ, desembargador Nametala Jorge, o voto de desempate. “Os fatos foram inadmissíveis. O pleito eleitoral tem que ter uma lisura absoluta, trata-se de um direito da sociedade”, justificou o desembargador. Os votos vencidos foram do relator do processo, juiz Célio Salim e dos juízes Leonardo Antonelli e Luiz de Mello Serra. Os desembargadores Sérgio Lúcio de Oliveira e Cruz e Raldênio Bonifácio acompanharam o voto divergente do revisor, juiz Luiz Márcio Pereira.

Houve ainda um impasse quanto ao início da contagem do prazo de inelegibilidade. O juiz Luiz Márcio Pereira defendeu a tese de que o prazo deveria contar a partir da decisão, no que foi acompanhado pelo desembargador Nametala Jorge. Mas os desembargadores Sérgio Lúcio de Oliveira e Cruz e Raldênio Bonifácio entenderam que deve prevalecer a Súmula 19 do TSE, com a contagem a partir das eleições em que os fatos ocorreram, ou seja, em 2008, o que. Para resolver o impasse, o juiz Luiz Márcio Pereira adotou o prazo da Súmula.

Viacabo lança sistema de segurança

No Via Park em Campos a Viacabo lançou o seu projeto de segurança
eletrônica pela internet.

O Ludio Porto Alegre, gerente local, apresentou um sistema pioneiro que deve mudar os paradigmas estabelecidos nesta área.


Presentes no evento um número seleto de empresários locais.

Hoje, estou afim de pensamentos e provérbios...

As pessoas que vencem neste mundo são as que procuram as circunstâncias de que precisam e, quando não as encontram, as criam.
Bernard Shaw


Um homem não pode fazer o certo numa área da vida, enquanto está ocupado em fazer o errado em outra. A vida é um todo indivisível.
Mahatma Gandhi


O homem é mortal por seus temores e imortal por seus desejos.
Pitágoras


Não importa o que fizeram de mim, o que importa é o que eu faço com o que fizeram de mim.
Jean-Paul Sartre


O verdadeiro revolucionário é guiado por grandes sentimentos de generosidade; é impossível imaginar um revolucionário autêntico sem esta qualidade.
Che Guevara


As pessoas não sabem o que querem até você mostrar a elas.
Steve Jobs


O cão não ladra por valentia e sim por medo.
Provérbio Chinês

Quem estuda e não pratica o que aprendeu é como o homem que lavra e não semeia.
Provérbio árabe


Podemos escolher o que semear, mas somos obrigados a colher aquilo que plantamos.
Provérbio japonês


O começo é metade de toda ação.
Provérbio grego


Sorriso custa menos que eletricidade e dá mais luz.
Provérbio escocês


Somente depois da última árvore derrubada, depois do último animal extinto, e quando perceberem o último rio poluído, sem peixe, o homem irá ver que dinheiro não se come.
Provébio Indígena


Amanhã é sempre o dia mais ocupado da semana.
Provérbio espanhol


Quando o dinheiro fala, ninguém nota os erros de português.
Provérbio português

Os que não se submetem às picadas das abelhas, não podem também desfrutar dos favos de mel.
Provérbio Japonês

A língua afiada cota os laços entre os homens.
Proverbio Chines


Quando falares, cuida para que tuas palavras sejam melhores que o silêncio.
Provérbio Indiano


Se você vai fazer alguma coisa errada, aproveite.
provérbio iídiche


Às vezes, para ensinar algo bom, é preciso ser um pouco rude.
Ditado árabe

O preço mais elevado que alguém pode pagar por alguma coisa a alguém é pedir-lhe um favor.
Provérbio Inglês


Se você quer que as pessoas pensem que você é muito inteligente, simplesmente concorde com elas.
Provérbio Judaico

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Colisão entre dois veiculos na BR-101, em Caxeta mata três pessoas



- Antes do pedágio na BR 101, a gente morria de graça, agora tem de pagar!

Um grave acidente foi registrado no início desta quarta-feira (26/05), no Km 97 da BR-101, em Caxeta, envolvendo um celta prata de placa LNU 5977 de Itaguaí, e um Corolla prata, placa HEO 0606, de Itaperuna.

Três pessoas morreram no local e que quatro ficaram feridas. Devido a gravidade do acidente, o tráfego no local está lento e inspira cuidados.

As vítimas foram socorridas pelo resgate do Corpo de Bombeiros para o Hospital Ferreira Machado (HFM).

A colisão aconteceu numa parte íngreme da pista, com pouca visibilidade. O Celta teria invadido a contramão, indo bater no Corolla, no acostamento.

O Corolla, que pertence a uma empresa se som de Itaperuna era dirigido por Josiel Faria da silva, 29 anos. Ele é morador do bairro Fipeiro. Josiel foi socorrido em estado grave. Phillipy Moreira Paiva, 19 anos e Fernando Bastos de Oliveira, 24 anos, morreram no local.

No Celta, o carona Marcelo Oaski da Silva, 26 anos, morreu na hora. O condutor Deivid Oaski da Silva, 25 anos; André Pereira Alonso Pires, 24 anos e Marcos Luís Alves Júnior, 20 anos ficaram feridos.

Entre os feridos socorridos no Hospital Ferreira Machado, apenas Deivid inspira cuidados.


Matéria e fotos do site URURAU - Siga o Link

terça-feira, 25 de maio de 2010

Psicologia e Marketing: Instituto Precisão

Leandro Terra falando sobre a utilização da psicologia na pesquisa
qualitativa. Ambiente político eleitoral é um dos fortes.

Cadeira de Rodas a Jato!

Morre aposentada pisoteada em tumulto em liquidação de loja em João Pessoa

Do site de Noticias do Jornal O Globo, siga o link

Morreu uma das vítimas do tumulto em uma liquidação de eletrodomésticos em João Pessoa, na Paraíba, no último sábado. A aposentada Maria de Lurdes Gaudino, de 67 anos, foi pisoteada e chegou em coma no hospital, com várias fraturas pelo corpo. Ela não resistiu aos ferimentos. Os quatro filhos da aposentada moram no Rio de Janeiro. Ela e o marido tinham decidido voltar para João Pessoa, considerada um local mais tranquilo.


- Era o local onde ela queria viver tranquila. O que ela tinha mais medo era a violência - diz uma das filhas, em entrevista à TV Cabo Branco.

Mais de 50 pessoas ficaram feridas no tumulto. A liquidação, promovida pelo Atacadão dos Eletros, atraiu um contingente estimado entre 5 e 10 mil pessoas. Segundo o escrivão Ênio Emanuiel de Azevedo Dantas, da 9ª Delegacia Distrital do bairro Mangabeira, quando o portão foi aberto houve empurra-empurra e começou o tumulto. Os portões e alambrados foram derrubados. Muita gente ficou machucada, a maioria pisoteada. Alguns clientes reclamam que foram roubados.

- Roubaram meu celular, R$ 800,00 e levaram minha identidade e o CPF - disse Josefa Ramalho.

O advogado da rede, Hermano Gadelha, disse que a empresa só vai se pronunciar depois que as investigações forem encerradas e que câmeras de segurança devem ajudar a esclarecer como começou o tumulto.

- Se tiver responsabilidade da empresa vamos procurar resolver - afirmou.

O escrivão informou que o galpão onde o feirão seria realizado tinha um único portão de entrada e saída e não tinha capacidade para abrigar tanta gente. De acordo com relatos de clientes que procuraram a delegacia para lavrar boletins de ocorrência, a loja havia anunciado que os primeiros 100 clientes poderiam comprar uma TV LCD de 32 polegadas por R$ 300.

Obs: Esse é o mundo em que vivemos, pessoas se matam por um pedaço de felicidade que tem durabilidade programada.

domingo, 23 de maio de 2010

Essa série eu gosto ...

Meia Idade

É quando acreditamos ter todas as respostas, mas ninguém nos pergunta nada.

É quando apagamos a luz por economia, e não para fazer um clima romântico.

É o momento que o pai Tempo começa a pegar de volta tudo que a mãe Natureza nos deu.

Bom domingo !

sábado, 22 de maio de 2010

Roxy 3D - Fúria de Titãs

O problema é que esses novos filmes 3D viciam a gente. O Roxy é uma opção fora dos shoppings. Mas se você quiser mesmo saber sobre mitologia é melhor procurar um bom livro, pois o filme bagunçou tudo... só salva a belíssima Medusa, até eu virei pedra!

Aula de RH no Mallet Soares em Copacabana

Na parte da tarde sou eu quem estará ensinando técnicas de
entrevistas.

quinta-feira, 20 de maio de 2010

A Experiência de Quase Morte de Carl G. Jung


Trecho de "Memórias, Sonhos, Reflexões" de 1961, que terminou de escrever seis dias antes de morrer em 6 de junho.

“No início de 1944, fraturei um pé e logo depois tive um enfarte cardíaco [aos 69 anos]. Durante a inconsciência tive delírios e visões que começaram quando, em perigo de morte, administraram-me oxigênio e cânfora. As imagens eram tão violentas que eu próprio concluí que estava prestes a morrer.


Disse-me minha enfermeira mais tarde: “O senhor estava como que envolto por um halo luminoso”… Eu tinha atingido o limite extremo e não sei se era sonho ou êxtase. Seja o que for, aconteceram coisas muito estranhas.


Parecia-me estar muito alto no espaço cósmico. Muito ao longe, abaixo de mim, eu via o globo terrestre banhado por uma maravilhosa luz azul. Via também o mar de um azul intenso e os continentes… sob os meus pés estava o Ceilão e na minha frente estendia-se o subcontinente indiano.


Meu campo visual não abarcava toda a Terra, mas sua forma esférica era nitidamente perceptível e os contornos brilhavam como prata através da maravilhosa luz azul… Bem longe, à esquerda, uma larga extensão – o deserto vermelho-alaranjado da Arábia. Adiante o Mar Vermelho…


Evidentemente via os cumes nevados do Himalaia, cercados de brumas… Não olhava “à direita”. Sabia que estava prestes a deixar a Terra.


Mais tarde informei-me de que distância dever-se-ia estar da Terra para abarcar tal amplidão: cerca de l.500 km! O espetáculo da Terra visto dessa altura foi a experiência mais feérica e maravilhosa de minha vida”.


“Após um momento de contemplação eu me voltei… Parecia-me agora virar em direção ao sul. Algo novamente surgiu no meu campo visual. A uma pequena distância percebi no espaço enorme bloco de pedra, escuro como um meteorito… A pedra flutuava no espaço e eu também.
Vi pedras semelhantes nas costas do Golfo de Bengala. São blocos de granito marrom escuro, nos quais às vezes se escavavam templos. Minha pedra era como um desses escuros e gigantescos blocos”.


“Uma entrada dava acesso ao pequeno vestíbulo; à direita, sobre um banco de pedra estava sentado em posição de lótus, distendido e repousado, um hindu de pele bronzeada vestido de branco. Esperava-me sem dizer palavra. Dois degraus conduziam ao vestíbulo: no interior, à esquerda, abria-se o portal do templo.


Vários nichos cheios de óleo de coco, ardiam em mechas cercando a porta de uma coroa de pequenas chamas claras. Isso eu vira em Kandy na ilha do Ceilão, quando visitava o templo do Dente Sagrado; lâmpadas a óleo cercavam a entrada.


Quando me aproximei dos degraus…do rochedo, ocorreu-me algo estranho: tudo o que tinha sido até então se afastava de mim. Tudo o que acreditava, desejava ou pensava, toda a fantasmagoria da existência terrestre se desligava de mim ou me era arrancada – processo extremamente doloroso.


No entanto, alguma coisa subsistia, porque me parecia então ter ao meu lado tudo o que vivera ou fizera, tudo o que se tinha desenrolado a minha volta. Poderia da mesma maneira dizer: estava perto de mim, e eu estava lá; tudo isso, de certa forma, me compunha. Eu era feito de minha história e tinha a certeza de que era bem eu. “Eu sou o feixe daquilo que se cumpriu e daquilo que foi”.


Esta experiência me deu a impressão de uma extrema pobreza, mas ao mesmo tempo de uma extrema satisfação. Não tinha mais nada a querer nem a desejar; poder-se-ia dizer que eu era objetivo; era aquilo que tinha vivido.


No princípio, dominava o sentimento de aniquilamento, de ser despojado; depois, isso também desapareceu. Tudo parecia ter passado, e o que restava era um fato consumado sem nenhuma referência ao que tinha sido antes. Nenhum, pesar de que alguma coisa se perdesse ou fosse arrebatada. Ao contrário: eu tinha tudo o que era e tinha apenas isso.


Tive ainda uma outra preocupação: enquanto me aproximava do templo, estava certo de chegar a um lugar iluminado e de aí encontrar o grupo de seres humanos aos quais na realidade pertenço.


Então finalmente compreenderia – isso também era para mim uma certeza – em que relação histórica me alinhava, eu ou minha vida. Eu saberia o que houvera antes de mim, porque me tornara o que sou e para o que minha vida tenderia…


Minha vida parecia ter sido cortada por uma tesoura numa longa corrente e na qual muitas perguntas ficaram sem resposta. “Por que aconteceu isso? Por que trouxera comigo tais condições prévias? Que fizera eu dela? O que resultaria?”


Eu tinha certeza de que receberia uma resposta a todas essas perguntas, assim que penetrasse o templo de pedra. Aí compreenderia porque tudo fora assim e não de outra maneira. Eu me aproximaria de pessoas que saberiam responder à minha pergunta sobre o antes e o depois”.


“Enquanto pensava nessas coisas, um fato atraiu minha atenção: de baixo da Europa, ergueu-se uma imagem: era meu médico, ou melhor sua imagem, circundada por uma corrente de ouro ou por uma coroa de louros dourada. Pensei imediatamente: “Ora veja! É o médico que me assistiu! Mas agora aparece em sua forma primeira…a encarnação temporal da forma primeira, que existe desde sempre. Ei-lo agora em sua forma original”.


Sem dúvida eu também estava na minha forma primeira… Não cheguei a percebê-lo, somente imagino que deva ter sido assim. Quando ele chegou diante de mim, pairando como uma imagem nascida das profundezas, produziu-se entre nós uma silenciosa transmissão de pensamentos.
Realmente meu médico fora delegado pela Terra para trazer-me uma mensagem: protestavam contra a minha partida. Não tinha o direito de deixar a Terra e devia retornar. No momento em que percebi essa mensagem a visão desapareceu.


Decepcionei-me profundamente; tudo parecia ter sido em vão. O doloroso processo de “desfolhamento” tinha sido inútil: não me fora permitido entrar no templo, nem encontrar os homens entre os quais tinha o meu lugar.


Na realidade, passaram-se ainda três semanas antes que me decidisse a viver; não podia alimentar-me, tinha aversão pelos alimentos. O espetáculo da cidade e das montanhas que via do meu leito de enfermo parecia uma cortina pintada com furos negros ou uma folha de jornal rasgada com fotografia que nada me diziam.


Decepcionado, pensava: “Agora é preciso voltar ‘para
dentro das caixinhas!’”. Parecia, que atrás do horizonte cósmico, haviam construído artificialmente um mundo de três dimensões no qual cada ser humano ocupava uma caixinha. E de agora em diante deveria de novo convencer-me que viver nesse mundo tinha algum valor!


A vida e o mundo inteiro se me afiguravam uma prisão e era imensamente irritante pensar que encontraria tudo na mesma ordem. Apenas experimentara a alegria de estar despojado de tudo e eis que de novo me sentia – como todos os homens – preso por fios dentro de uma caixinha. Quando estava no espaço não tinha peso e nada podia me atrair. E agora tudo terminado!


Sentia resistência contra meu médico porque ele me conduzira à vida. Por outro lado, inquietava-me por ele: “Por Deus, ele está ameaçado! Não me apareceu sob a forma primeira? Quando alguém chega a essa forma é que está para morrer e desde então pertence à sociedade de “seus verdadeiros semelhantes”.


Tive repentinamente o terrível pensamento de que ele deveria morrer – no meu lugar! Procurei fazê-lo entender, mas não compreendeu… Era minha firme convicção de que ele estava em perigo porque eu o vira em sua forma original.


E, com efeito, fui seu último paciente. Em 4 de abril de 1944 – sei ainda exatamente a data – fui autorizado pela primeira vez a sentar-me à beira da cama e neste mesmo dia ele se deitou para não mais se levantar. Pouco depois morreu de septicemia [estado infeccioso]. Era um bom médico; tinha algo de gênio, senão não teria aparecido sob os traços do príncipe de Cos”. [Cos, foi onde nasceu Hipócrates e lugar famoso na Antigüidade, por causa do templo de Esculápio]. [.]
Obs. Iuri Gagarin disse a mesma coisa, só que em 12 de abril de 1961.

quarta-feira, 19 de maio de 2010

Sérgio Cabral tem 41% de intenções de voto em pesquisa do Vox Populi

Em pesquisa realizada pelo Instituto Vox Populi, encomendada pela "Band" sobre as eleições a governo do Estado do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB) aparece na frente com 41% de intenções de voto. Em seguida, Fernando Gabeira (PV) tem 19%. Anthony Garotinho (PR) figura na lista em terceiro, com 18%.

Em janeiro, Sérgio Cabral tinha 39%, Gabeira 18% e Garotinho 20%. A margem de erro é de 3,5% para mais ou para menos. Foram feitas entrevistas pessoais e domiciliares, entre os dias 8 e 11 de maio.

Fonte: Site de Notícias Ururau

BRT da Avenida Brasil é tema de seminário na Secretaria Estadual de Transportes




A reestruturação do tráfego da principal via de acesso ao Rio de Janeiro foi tema do II Seminário Técnico do Corredor Expresso da Avenida Brasil, no auditório da Secretaria Estadual de Transportes, em Copacabana. O BRT (Bus Rapid Transit) é um sistema comparado a um metrô sobre rodas e será responsável pela redução de 55% no número de ônibus que circulam atualmente na Avenida Brasil. Os trabalhos foram abertos pelo secretário estadual de Transportes, Sebastião Rodrigues, que falou sobre os benefícios logísticos e financeiros que este sistema trará ao estado do Rio.

Durante a apresentação, o engenheiro Joaquim Ortiz – representante do consórcio responsável pelos estudos de viabilização e implantação do BRT – expôs três diferentes conceitos de operação analisados. Após estudos detalhados, os especialistas optaram por um modelo que ligaria o Trevo das Margaridas, na altura do cruzamento com a Rodovia Presidente Dutra, ao Terminal Américo Fontenele, no Centro do Rio, com cinco terminais e 14 estações ao longo de 20 quilômetros da via. Atualmente, 47 mil pessoas passam pela Avenida Brasil por hora nos períodos de pico. O estudo chegou a conclusão de que 58% deste público transita pelas pistas seletivas, ou seja, faz ligações diretas entre a cidade do Rio e outros municípios. Considerando a área de influência direta do Corredor, o sistema atenderá a 27 bairros, que representam uma população de aproximadamente 1.100.000 habitantes, contabilizando 760 mil trabalhadores ativos.

- O sistema contará com serviço de ônibus paradores e expressos. Os intervalos de espera poderão variar entre 60 e 180 segundos. Serão 240 veículos articulados, dotados com monitoramento via satélite, ar condicionado, isolamento termo-acústico e acessibilidade total a pessoas com necessidades especiais de locomoção. Estas modificações elevarão a Avenida Brasil a níveis internacionais de escoamento de tráfego, contribuindo para o desenvolvimento de diversos segmentos na região - explicou Joaquim Ortiz.

Outra medida anunciada foi a transferência de terminais rodoviários, como os da Avenida Chile, do Castelo e da Praça Tiradentes para o Américo Fontenelle, a fim de reduzir o excesso de ônibus no Centro e concentrar o local de partida das linhas intermunicipais. Todas as intervenções propostas estão sendo aprovadas pela Fetranspor, cujos associados terão grandes reduções de custo operacional, em decorrência da racionalização de linhas e de cerca de 950 veículos. Os cinco terminais rodoviários que atenderão ao BRT (Trevo das Margaridas, Trevo das Missões, Terminal Galeão, Fiocruz e Américo Fontenelle) serão equipados com centros de controle operacional, ar condicionado, escadas rolantes e elevadores.

- Podemos dizer que o que vamos fazer na Avenida Brasil agrada a gregos e troianos. Esta intervenção do Governo do Estado será uma grande solução tanto para a população, que passará a utilizar um transporte muito mais confortável, seguro e ágil, como para os empresários, que poderão reduzir os custos de suas operações. Nossa parceria com a prefeitura do Rio está sendo fundamental para a elaboração deste projeto, assim como a contribuição da população pesquisada, que nos ajuda a identificar as deficiências deste trecho da Avenida Brasil – contou o secretário Sebastião Rodrigues.

Grande incentivador do uso do BRT, o ex-secretário Estadual de Transportes Julio Lopes apresentou o sistema ao Comitê Olímpico Internacional – COI, na escolha da sede das Olimpíadas de 2016. Para preparar este projeto ele visitou cidades na Colômbia e foi também a Curitiba buscar casos de sucesso e exemplificar os benefícios do BRT.
O seminário contou com a presença de representes da Secretaria Municipal de Transportes, da Coderte, do Detro, do Consórcio Systra/Setepla, e do BID, financiador das pesquisas que estão sendo desenvolvidas na Avenida Brasil.

Foto: Fabio Ferreira

terça-feira, 18 de maio de 2010

Ralf Brás fala aos alunos de Psicologia

Ele cuida do marketing e da publicidade da rede de Super Mercados
Super Bom. Mais de 1.700 funcionários em nove lojas na cidade de
Campos. Os alunos de psicologia e marketing estão preparando vts para
a verificação final.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Fringe 02.22

Noam Chomsky é barrado por Israel

Publicada no Globo On Line em 16/05/2010 às 23h40

RIO - O linguista e filósofo americano Noam Chomsky teve neste domingo sua entrada em Israel barrada por funcionários da imigração na fronteira com a Jordânia. Reportagem publicada no GLOBO desta segunda-feira mostra que ele atravessava a Ponte Allenby, sobre o Rio Jordão, quando foi impedido de passar por policiais israelenses que aparentemente implicaram com o fato de ele ter sido convidado a dar uma palestra na universidade palestina Birzeit e no Instituto para Estudos Palestinos, em Ramallah, na Cisjordânia.

O legislador palestino Mustafa al-Barghouti, que convidou Chomsky a dar a palestra, indignou-se e disse que o episódio configurava "uma ação fascista, uma supressão da liberdade de expressão".

A porta-voz do Ministério do Interior israelense, Sabine Hadad, disse que os funcionários da fronteira entenderam que Chomsky também visitaria Israel, por isso teriam impedido sua entrada. Chomsky, no entanto, só estava de passagem.

- Estamos tentando contactar o pessoal de fronteira para esclarecer os fatos, mas, partindo do pressuposto de que não havia nada contra ele, não há motivos para impedir que entre - disse Sabine Hadad.

O intelectual americano, ferrenho crítico da política israelense em relação aos palestinos, explicou que faria uma série de palestras pela região e que sua agenda estava muito apertada para tentar entrar novamente na Cisjordânia. A palestra estava marcada para esta segunda.


Obs. de João Oliveira: Se você não entendeu o porquê desta posição de Israel, leia: Controle da Mídia os Espetaculares Efeitos da Propaganda, livro de Chomsky publicado em 2003.

sexta-feira, 7 de maio de 2010

Parábola da Raposa

" - A gente só conhece bem as coisas que cativou, disse a raposa.

- Os homens não têm mais tempo de conhecer coisa alguma. Compram tudo prontinho nas lojas, mas como não existem lojas de amigos, os homens não têm mais amigos. Se tu queres um amigo, cativa-me!

- O que é preciso fazer? perguntou o principezinho.

- É preciso ser paciente.- respondeu a raposa.- Tu te sentarás primeiro um pouco longe de mim, assim, na relva. E eu te olharei com o canto do olho e tu não dirás nada. A linguagem é uma fonte de mal-entendidos. Mas, a cada dia, te sentarás mais perto...

Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas"

Saint-Exupéry

Um pouco de energia do oriente ...

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Secretaria Estadual de Transportes agita o Sul Fluminense

O Feriado do Dia do Trabalho foi comemorado de um jeito bem diferente este ano em Valença. Cerca de 700 pessoas participaram de uma pedalada promovida pela Secretaria Estadual de Transportes em parceria com a Câmara Municipal e a Secretaria Municipal de Esportes e Lazer do município.
Cerca de 700 ciclistas, moradores de Valença, se reuniram na manhã de sábado, 1/5, às 10h, na Praça Visconde do Rio Preto, para juntamente com o grupo que coordena o Programa Rio Estado da Bicicleta, e o presidente da Câmara do município, Fernando Graça, e com o Secretário de Esportes e Lazer, Marco Antônio de Souza Junior, dar início a que seria a maior pedalada já realizada pela Secretaria Estadual de Transportes do Rio, e pelo até então Secretário Estadual de Transportes, Julio Lopes, no interior do Rio de Janeiro.

Acompanhados pela animada locução do próprio Secretário Marco Antônio, os ciclistas percorreram cerca de 10 km saindo da Praça e terminando na Catedral Nossa Senhora da Glória. Após a pedalada, o presidente da Biobike, representando a Federação Estadual de Ciclismo do Rio de Janeiro, em parceria com a Secretaria estadual de Transportes, realizou a emocionante doação de seis bicicletas de 18 marchas, com capacete, a alguns dos participantes. Logo após, o coordenador do Programa Rio-Estado da Bicicleta, Mauro Tavares, ao lado da Assessora Especial, Thais Martins, em nome do Secretário Sebastião Rodrigues presentearam a Guarda Municipal de Valença e a seu comandante Gilson Rodrigues, com duas bicicletas elétricas para o trabalho da Guarda Municipal de Valença.


De acordo com o Secretário Estadual de Transportes, Sebastião Rodrigues, o Rio Estado da Bicicleta, que foi implantado na gestão do Secretario Julio Lopes, promove as pedaladas a fim de incentivar o uso da bicicleta como meio de transporte. “Esse projeto foi uma idéia do Julio Lopes, e vamos dar continuidade para mostrar a população que esse é um meio saudável que deve ser incorporado no sistema de transporte de todo o Estado, para que a população tenha uma melhor qualidade de vida”, afirmou.


O presidente da Câmara de Valença, Fernando Graça, elogiou e agradeceu a iniciativa da Secretaria colocando o município à disposição para novas idéias que promovam a integração do povo. “A secretaria está de parabéns, nós só temos a ganhar com isso. Valença está de portas abertas para idéias com essas que estimulem menos carros, mais bicicletas, mais espaço para o pedestre e para uma vida mais saudável”, comemorou.

Vassouras comemora Dia de São Jorge com cavalgada


No dia seguinte, 2 de maio, foi a vez de Vassouras celebrar com a Secretaria Estadual de Transportes, o dia de São Jorge. Convidado pelo Prefeito Renan Vinícius e pela Vereadora Rosi Farias, o ex-secretário Estadual de Transportes, Julio Lopes, acompanhou o atual Secretário Sebastião Rodrigues, na maior cavalgada do município, a que festeja o dia de são Jorge, comemorado no último dia 23 de abril.

O evento, que reuniu mais de 350 pessoas, dentre cavaleiros e amazonas, e ainda, autoridades locais, como o ex-prefeito de Vassouras, Eurico Junior, teve início às 15h30, no Parque de Exposições do Município, e percorreu toda a cidade em pouco mais de duas horas de cavalgada. O percurso foi acompanhado por um agitado locutor de rodeios, e guiado pela imagem do famoso Santo Guerreiro, São Jorge, à frente.


Texto de Thais Martins e fotos de Fábio Ferreira

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Beatriz em sala no Nono Período de Psicologia da Estácio de Sá

Eu fui, como convidado para falar de expressões faciais, graças ao
Paul Ekman hoje é uma das nossas especialidades: reconhecer as
emoções nas micro expressões faciais, algumas duram algo em torno de
200 milisegundos.