PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

terça-feira, 23 de março de 2010

Julio Lopes inaugura o primeiro corredor expresso de ônibus do Estado



O secretário Estadual de Transportes, Julio Lopes inaugurou no último dia 20 de março o primeiro corredor expresso para ônibus do Estado do Rio. O Corredor Viário Metropolitano da Alameda São Boaventura, no Fonseca, e Avenida Feliciano Sodré, no Centro, cria um novo modelo de mobilidade no município, garantindo acessibilidade total aos portadores de necessidades especiais.
As intervenções contemplam ainda outras ruas importantes para o fluxo do trânsito na região central de Niterói, como Feliciano Sodré, Saldanha Marinho e Praça Renascença. As vias foram equipadas com um moderno sistema de sinalização, nova iluminação, recapeamento e ampliações de pistas.
O corredor expresso conta com seis quilômetros de extensão e a principal novidade fica por conta dos cuidados que foram tomados para garantir o padrão de mobilidade para portadores de necessidades especiais, como deficientes visuais e cadeirantes.
Na Alameda São Boaventura, a principal intervenção foram as seis plataformas de embarque e desembarque para ônibus, construídas sobre o canal Dona Vicenza, que corta os 3,5 km da via.
Agora, para atravessar a Alameda, a Feliciano Sodré e a Saldanha Marinho com segurança, os deficientes visuais só precisarão acionar as botoeiras sonoras presas aos postes dos semáforos. Esses equipamentos emitirão um som alertando sobre o tempo que resta para a travessia. Todos os cruzamentos ganharam rampas para cadeirantes e faixas com pisos táteis.
O secretário Julio Lopes lembrou que o Corredor Metropolitano facilitará a reorganização do trânsito de Niterói e servirá de exemplo para outras obras viárias no Estado.
– Com o novo sistema, os ônibus só poderão circular pela pista junto ao canal, que será segregada das demais faixas por tachões. As estações substituirão os pontos de ônibus distribuídos pela avenida. Cada baia tem capacidade para seis ônibus ao mesmo tempo. Tudo isso proporcionará maior fluidez do trânsito na via – ressalta o secretário.
Além da Alameda e da Feliciano Sodré, o novo complexo viário também contou com importantes intervenções nas ruas Saldanha Marinho, Manuel Pacheco, Washington Luiz e Praça Renascença. Toda essa área recebeu nova sinalização semafórica. O novo sistema contempla 28 travessias, sendo 16 na Alameda São Boaventura, seis na Avenida Feliciano Sodré e seis na Rua Saldanha Marinho. O controle dos novos semáforos – 89 ao todo - será feito por meio de um sistema digital de monitoramento eletrônico, que permite sincronizar os fluxos das estações e da Alameda. As vias receberam ainda novas placas de trânsito e sinalização horizontal. As ruas beneficiadas ganharam novos postes de luz, tiveram o meio-fio recuperado e ganharam asfalto novo. Em média, circulam pela via 250 mil passageiros em 50 mil automóveis por dia. Vinte e quatro linhas de ônibus municipais e 107 intermunicipais usarão o sistema.
A Alameda São Boaventura também passou por uma revitalização paisagística. Ao longo das obras, a Secretaria de Meio Ambiente de Niterói e a Secretaria Estadual de Transportes desenvolveram um amplo Plano de Compensação Ambiental, que contou com o plantio de 377 só na via principal e mais de oito mil mudas em diversas ruas do entorno e outros pontos da cidade.
O prefeito de Niterói, Jorge Roberto Silveira, também participou da inauguração. Estiveram presentes deputados estaduais e federais, além de secretários do Estado e do município, vereadores e representantes de cidades vizinhas.
Foto: Fábio Ferreira

Nenhum comentário: