PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

segunda-feira, 1 de março de 2010

Carta aberta a Ibsen Pinheiro

Nobre Deputado, boa tarde.

Tomei conhecimento de vossa pessoa quando ainda era estudante da 8ª série ginasial, onde converssava com uma professora de historia e perguntava a ela o que aconteceria se o Vice-Presidente Itamar Franco também fosse cassado, quem iria assumir. Lembro que Vossa Excelência era o Presidente da Câmara e ela (a Professora) me disse que não deveria ter preocupações pois o Senhor parecia ser um bom político.

O resto da história o senhor e todos nós conhecemos...

É sabido por todos que vossa excelência deu a volta por cima e retornou a Brasília, à Câmara dos Deputados.

Estou aqui para fazer um apelo que o Sr. reconsidere a sua proposta de emenda constitucional. E que começasse fazendo de uma forma muito interessante: Visitando a Região Norte do estado do Rio de Janeiro.

Venha conhecer a realidade das pessoas, das cidades, se realmente essa sua emenda tem a função de uma redistribuição mais justa.

Digo isto porque é muito fácil tentar ser justo com alguns sendo injusto com outros que nem conhecemos, não sabemos de suas realidades e necessidades e o que os royaltes (segundo o wikipédia:Royalty é uma palavra de origem inglesa que se refere a uma importância cobrada pelo proprietário de uma patente de produto, processo de produção, marca, entre outros, ou pelo autor de uma obra, para permitir seu uso ou comercialização) pagos a regiões produtoras, são fundamentais para a vida dessa região no curto e médio prazo.

Não Deputado, não somos os "donos do petróleo", mas o senhor também não o é!

O petróleo pertence a União e o royalte é uma forma de compenssação a ser paga para a região produtora afim de que ela seja convertida em melhorias para a cidade.

Ora Sr. Deputado, por que o interesse em redistribuir os royaltes do petróleo?

Será que devemos redistribuir também o que se ganha com Artesanato, Criação de gado, agricultura (teria coragem, deputado de ir de encontro aos seus eleitores e propor uma mudança que impactasse a produção e arrecadação local?), Mineração ( falando nisso, o que o senhor achou da privatização da Nossa Vale? Quanto o país perdeu em royalte que poderia ser bem distribuído e em riqueza que foi vendida?
Nem venha me dizer que ganhamos com isso...), Turismo ( Que projeto o senhor nos apresenta para podermos utilizar mais a capacidade turística das belíssimas cidades do nordeste, e que traria bem mais dinheiro e trabalho para os cidadãos de lá?) E nas demais atividades?

O petróleo é nosso deputado!

É tão nosso que iremos lutar por ele!

Aguardo vossa reflexão,
Grato,

Leonardo da Silva Ferreira,
cidadão de Campos dos Goytacazes,
da região norte do Estado do Rio de Janeiro, Brasil!

Nenhum comentário: