PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Julio Lopes anuncia: Quero recuperar a malha ferroviária no Estado


O secretário estadual de Transportes, Julio Lopes, se reuniu nesta semana, com empresários de uma das principais fornecedoras de equipamentos e tecnologia de locomotivas especiais do mercado internacional, a alemã Shalke. Com 135 anos de experiência, e operando na Ásia, Europa, EUA e África, a empresa que fabrica trens especializados em manutenção de vias permanentes está direcionando esforços para entrar no ramo de transportes ferroviários brasileiro. O Rio, depois de vencer a disputa pela sede das Olimpíadas 2016 tornou-se alvo principal.
No encontro, eles apresentaram seu mais novo projeto: uma locomotiva de alto desempenho, considerada a mais moderna do mercado, e que pode atender tanto à demanda de carga quanto a de passageiros. O trem consome 15% menos combustível, requer muito menos manutenção e garante baixa emissão de ruído.
Impressionado com a tecnologia que está sendo implementada na construção dessa locomotiva, o secretário Julio Lopes, disse que essa é uma grande oportunidade para apresentar a Shalke à empresas como FCA e MRS, operadores ferroviários.
- Vamos promover encontros com os principais operadores ferroviários do país para que a Shalke possa apresentar seu know how e, quem sabe, fazer negócio. Além disso, estamos estudando a possibilidade de adquirir trens de carga para circular na linha férrea que será recuperada para ligar as duas maiores âncoras de carga do estado, o complexo do Comperj e o Porto do Açu. Carros modernos, dotados da melhor tecnologia existente, além de mais econômicos, são fundamentais para o sucesso do nosso projeto. Meu interesse é poder retomar e colocar novamente em uso a malha ferroviária fluminense,dentro das possibilidades, e com o menor custo possível claro. – conta Julio Lopes.
A Shalke, recentemente, ganhou a concorrência para fazer a manutenção das vias permanentes do sistema metroviário de São Paulo. A empresa também é conhecida no mercado brasileiro devido a sua forte atuação no setor siderúrgico. A companhia é a que mais vende máquinas para a coqueificação do carvão mineral, matéria prima fundamental no processo de produção do aço. Entre os principais clientes da carteira da Shalke no ramo da siderurgia está a CSN.
Até o fim desse mês, o secretário Julio Lopes se comprometeu em agendar o encontro dos empresários com das principais empresas do sistema metro ferroviário fluminense. Entre elas, Supervia e Metrô Rio, para que a Shalke possa apresentar sua expertise na produção de locomotivas de alto desempenho, ou até mesmo transferir sua tecnologia para as empresas brasileiras.

Foto: Fábio Ferreira

Nenhum comentário: