PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Fenômeno UFO: Caso Estrada da Praia de Atafona




Esse evento aconteceu no ano de 2002, mais precisamente no mês de janeiro, numa noite qualquer, as três horas da madrugada.
A pessoa em questão não quer se identificar publicamente, ele é um empresário de sucesso no ramo de combustíveis em Campos/RJ, mas conta uma história incrível que merece destaque em nossa coluna (blog).
Depois de fazer um lanche em Atafona, praia do litoral de São João da Barra-RJ, o rapaz pegou seu carro e saiu, seguindo pela estrada Atafona – Campos (BR 356).
Logo após passar por São João da Barra ele percebeu uma luz estranha seguindo o carro. A principio não se incomodou pois pensou se tratar de um carro, mas ele notou que a luz subia e descia isso o deixou muito perturbado.
Ainda sem saber o que seria de fato aquela luz ele aumentou a velocidade para se livrar do forte reflexo no retrovisor. Neste momento a luz aumentou de velocidade e pairou sobre seu carro.
O medo tomou conta e ele apavorado apertou mais fundo o acelerador do carro chegando a velocidade de 160 Kms/h.
Naturalmente que a luz, agora já mostrando a sua forma circular e outras cores cintilantes, nem se importou com isso, e continuou pairando sobre ele como que estivesse parada.
O desespero tomou conta dele que pensou na possibilidade de ser abduzido (raptado para o alto, o contrário, ser levado para baixo é aduzido), mas num piscar olhos a “nave” tomou a dianteira e ganhou velocidade numa ascendente desaparecendo em seguida.
Hoje com 36 anos de idade o empresário, que é uma pessoa séria, jamais inventaria tal história. Entendo porque não quer seu nome revelado, ele está temendo as reações de amigos e funcionários que poderiam “brincar” com tal situação.
Somente ele sabe que sentimentos atordoantes enfrentou naquela madrugada, ainda hoje ao relatar a história pode-se notar o suor que escorre em seu rosto mostrando seu estado de tensão, só em lembrar do ocorrido.
Se você também viveu uma situação inusitada, se o fato pode ser considerado Incrível, Fantástico ou Extraordinário não deixe que fique no esquecimento. Mande um e mail. Vamos tentar registrar todas as ocorrências da nossa região, você não foi o único a viver uma experiência fora do comum ! Escreva para: oliveira@joaooliveira.com.br .


Arte de Serginho Bedeu, publicado originalmente na coluna que eu assinava no Jornal O DIÁRIO em 07/12/2003

Nenhum comentário: