PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

TV LITORAL FORA DO AR

Só por alguns momentos, estamos em arrumando a casa para os equipamentos de transmissão digital que serão inugurados em março. Em breve, que for assinante da Viacabo Tv em Campos, vai poder assistir a Tv Litoral (Canal 20) com qualidade digital.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Obama é grau 32 !




Relação dos presidentes dos Estados Unidos que foram ou são Maçons:

1 - George Washington (Pres. 1789-1797) (MM 1753)
2 - James Monroe (Pres. 1817-1825) (MM 1776)
3 - Andrew Jackson (Pres. 1829-1837) (MM 1800)
4 - James K. Polk (Pres. 1845-1849) (MM 1820)
5 - James Buchanan (Pres. 1857-1861) (MM 1817)
6 - Andrew Johnson (Pres. 1865-1869) (MM 1851)
7 - James A. Garfield (Pres. 1881) (MM 1864)
8 - William McKinley (Pres. 1897-1901) (MM 1865)
9 - Theodore Roosevelt (Pres. 1901-1909) (MM 1901)
10 - William H. Taft (Pres. 1909-1913) (MM 1901)
11 - Warren G. Harding (Pres. 1921-1923) (MM 1920)
12 - Franklin Delano Roosevelt (Pres. 1933-1945) (MM 1911)
13 - Harry S. Truman (Pres. 1945-1953) (MM 1909)
14 - Gerald R. Ford (Pres. 1974-1977) (MM 1951)
15 - Barack Hussein Obama II (Pres. 2008-2012)

(somente Theodore Roosevelt chegou ao grau de Mestre no mesmo ano em que assumiu o cargo. Todos os demais, eram Mestres antes da eleição)

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama é um Sublime Príncipe do Real Segredo, Grau 32 do Rito Escocês Antigo e Aceito (REAA), de Obediência pertencente à "Maçonaria Prince Hall”.

Prince Hall é o primeiro alojamento maçônico dos EUA, sendo o nome vindo de seu fundador e master, o qual era o mais famoso indivíduo na área de Boston durante a Revolução Americana e virada do Século 19.

Prince Hall era um escravo na área de couro em Boston, e pertencia a William Hall no final dos anos 1740 e ganhou a liberdade em 9 de abril de 1770, como um prêmio (reconhecimento), após 21 anos de serviço.

Ele e outros 14 negros da área de Boston se aproximaram de um alojamento Britânico de Freemasons (Maçons Livres), relacionado ao 38º Regimento em Boston.

Hall e os outros negros iniciaram (sendo Processo de Iniciação), no alojamento em 6 de março de 1775.

O Regimento foi embora da área em seguida, e o Sargento John Batt, que estava no comando da Iniciação, escreveu uma permissão limitada em 17 de março, autorizando o grupo a ter certos privilégios maçons, bem como permissão para se encontrarem como Loja.

Em 3 de julho de 1775 o grupo formou o “African Lodge Nº 1″ (Loja Africana Nº1), a primeira Loja aceita de maçons negros e livres do mundo e Hall foi feito seu Master (Venerável Mestre).

O Grand Master (Grão Mestre) da América do Norte, John Rowe, concedeu à Loja a segunda permissão para continuar suas atividades.

No entanto, a Maçonaria Negra permaneceu separada da Maçonaria Branca nos Estados Unidos, porque os maçons brancos não aceitaram os maçons negros, apesar dos princípios de fraternidade. Hall expandiu sua organização a outras cidades, mas como ele estava limitado a população negra, as novas lojas que surgiam eram chamadas de “Lojas Negras”.

Em 24 de junho de 1797, uma segunda loja negra foi criada em Providence, Rhode Island. Um ano depois, a terceira foi iniciada na Philadelphia, com Absalom Jones sendo o Master.

Prince Hall morreu em Boston em 4 de dezembro de 1807.

Actos fúnebres, de acordo com os rituais maçônicos, foram realizados em sua casa, em Lendell’s Lane, uma semana depois. Ele foi enterrado na Rua 59 Mattews Cemetery, em Boston, no final de março de 1808.

Com um ano de sua morte, os seguidores de Hall trocaram o nome da Loja e deram o nome de seu líder.

Essa sociedade secreta continuou a crescer nos Estados Unidos, mas continua separada da Maçonaria Branca até os dias actuais.

Hoje, Prince Hall é uma fraternidade maçônica com seus prédios devidamente identificados, seus membros se identificam com anéis, adesivos e pins.

Um dos membros mais famosos e também um Prince Hall Mason de 32º, se tornou um candidato a Presidência dos Estados Unidos em 2008. Seu nome é Barack Hussein Obama II.

Fonte: siga o link no título

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

A Evolução da Dança

Jizz In My Pants - Com legendas

OS MELHORES DO MUNDO 2008 1/5

OS MELHORES DO MUNDO 2008 2/5

OS MELHORES DO MUNDO 2008 3/5

OS MELHORES DO MUNDO 2008 4/5

Melhores do Mundo 5/5

domingo, 25 de janeiro de 2009

PECADOS X DOENÇAS

Este é um assunto que pode motivar insights, dúvidas, discordâncias... e suscitar a elaboração de muitas laudas, artigos, crônicas e até livros. Como os ditos pecados podem estar relacionados com o aparecimento de doenças? Numa primeira e rápida análise pode permanecer oculta qualquer relação de uma coisa com a outra; mas, podemos elaborar o seguinte raciocínio:



1) A pessoa que comete um pecado, uma falha, um erro, tem consciência do que fez; sabe que está infringindo leis vigentes e/ou desrespeitando preceitos morais previamente estabelecidos por uma sociedade ou por alguém.

2) Isso cria (ou não) na pessoa um sentimento de culpa?

3) Essa transgressão pode (ou não) baixar seu sistema imunológico e permitir que alguma doença se manifeste?



Faz algum sentido essa idéia?



Então podemos criar uma metodologia para avaliar se essa situação ocorre, ou não, no nosso meio social.



Vejamos as pessoas que estão doentes; numa entrevista cuidadosa podemos avaliar se elas tem algum sentimento de culpa por ter transgredido alguma norma. Isso pode não ser tão simples, considerando que esse modelo pode estar associado a uma manifestação inconsciente e, neste caso, a pessoa não saberia relatar se sofre por algum motivo especifico.



Vamos direcionar nosso olhar para aqueles que tem sempre uma postura saudável, os que não reclamam dos males da vida e vivem, aparentemente, bem de saúde. Como será a postura destas pessoas diante do que julgamos erros e pecados?



Outro foco desta nossa pesquisa social são as pessoas portadoras de distúrbios de personalidade, que não sentem remorsos. Será que essas pessoas são mais saudáveis?



Se formos mesmo aprofundar este pensamento teremos que procurar saber, dentre outras coisas, se as pessoas que se confessam (na religião e na lei), recuperam sua saúde. Isto no caso de estarem doentes, é claro.



E nas delegacias e cadeias, onde milhares de pessoas estão presas por terem cometidos crimes? Como reage o corpo físico diante da postura mental de aceitação ou não do seu ato?



Vamos lá! Este é só um exercício para vivenciar a nossa capacidade mental de questionar, especular diante da realidade! Como seres humanos não podemos nos permitir uma existência pautada na admiração, sem querências. Eu quero saber! Não sei direito ainda o que eu quero aprender. Mas sei que quero saber cada vez mais! É meu direito, no mínimo, refletir, questionar.



Não fique na passividade, o mundo pode ser um lugar maior: limpe sua lente!

47 anos!

Droga de tempo que teima em passar
e menos tempo na gente deixar...

Tempo de reflexão.
Um pouco menos de ação!
Mais atenção.
Menos paixão.
Duas gotas de emoção.
Muita mais devoção.


E o que dizer de todos os planos perdidos mas não esquecidos?

Deixa disso... são pensamentos de um menino!

Não há lugar, na cabeça de um homem, onde o futuro não possa estar!

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

RÁDIOS COMUNITÁRIAS - Novo projeto de lei !

Informação: Observatório da Imprensa - 20/01/2009

Por Jonas Valente
Reproduzido do Observatório do Direito à Comunicação, 15/1/2009; título original "Governo envia ao Congresso projeto que descriminaliza radiodifusão sem licença"



No início do penúltimo ano do governo Lula, a equipe do presidente por fim mostra-se disposta a dar o primeiro passo para um processo de revisão das regras que impedem o crescimento das rádios comunitárias. Foi publicada na quinta-feira (15/1) no Diário Oficial da União mensagem do Executivo ao Congresso Nacional enviando projeto de lei (PL) que visa descriminalizar o ato de operar serviço de radiodifusão sem autorização do poder concedente.

A iniciativa responde a uma das históricas demandas dos ativistas da mídia comunitária. A perseguição dos órgãos reguladores e da polícia às rádios comunitárias é uma das principais reclamações das entidades representativas do setor, que inclusive denunciam um acirramento desta ao longo do governo Lula.

A versão final do PL só será divulgada após o seu acolhimento pelo Congresso, mas o texto que está sendo trabalho pelo Ministério da Justiça, com apoio da Casa Civil, altera o Artigo 183 da Lei Geral de Telecomunicações, excetuando de sanção penal a transmissão clandestina de telecomunicações que seja identificada como radiodifusão. O texto também revoga o Artigo 70 do Código Brasileiro de Telecomunicações, que criminaliza "a instalação ou utilização de telecomunicações, sem observância do disposto nesta Lei e nos regulamentos", estabelecendo pena de um a dois anos, ampliada se houver dano a terceiros.

Os dois artigos modificados pela proposta são os dispositivos utilizados para justificar a prisão e abertura de processo criminal contra os responsáveis pelas emissoras comunitárias. Caso sejam aprovadas as modificações, quem colocar uma rádio no ar antes de receber a autorização do Ministério das Comunicações não poderá mais ser preso ou julgado por varas criminais.

A transmissão, no entanto, segue sendo considerada um ilícito civil. O projeto não faz distinção em relação à natureza da programação veiculada ou da organização responsável pela emissora considerada não-autorizada. Ou seja, seriam abarcadas por estas modificações tanto rádios comunitárias como rádios e mesmo TVs de caráter comercial, que operem sem licença apropriada.

Interferências danosas

Segundo o secretário de assuntos legislativos do Ministério da Justiça, Pedro Abramovay, o PL reflete a posição do governo, apoiada em resolução Conselho Nacional de Política Criminal e Penitenciária, de mudar a concepção atual da legislação. "Deve ser crime o que atenta contra os bens jurídicos da humanidade. A emissão de onda sonora em desacordo com legislação não afeta nenhum bem jurídico relevante, nada que possa privar a pessoa da liberdade. O mero funcionamento de uma rádio não pode ser considerado crime", argumenta.

Seguindo esta lógica, a proposta do governo inclui no Código Penal o crime de operação de estação de serviços de radiodifusão que coloquem pessoas em risco de vida ou saúde ao atrapalhar ou inviabilizar o funcionamento de "serviços de telecomunicações de emergência, de segurança pública ou de fins exclusivamente militares" ou de "equipamentos médico-hospitalares". Neste caso, também poderiam ser enquadradas emissoras autorizadas que provoquem interferências consideradas danosas.

Punições mais duras

O aspecto positivo do projeto – retirar da esfera penal a atividade de radiodifusão não-autorizada – pode ser ofuscado pelo endurecimento das punições civis previsto na proposta. Para quem for pego transmitindo sem autorização, o texto propõe como sanções a apreensão dos equipamentos, multa e suspensão do processo de autorização da outorga ou a proibição de que aquela associação possa se habilitar para um novo processo até o pagamento da multa.

Além de prever esta punição à operação sem licença, o projeto aprofunda a rigidez das punições administrativas para as rádios comunitárias autorizadas em relação a outras infrações, divididas em três categorias: as regulares, graves e gravíssimas. No primeiro grupo, está a veiculação de publicidade e propaganda fora dos limites estabelecidos e o descumprimento de qualquer artigo da Lei 9.612, de 1998, que regulamenta o serviço.

Atualmente uma emissora comunitária só pode receber recursos mediante patrocínio, na forma de apoio cultural, de estabelecimentos situados na área atendida. A pena para esta categoria é multa e a suspensão do funcionamento por 30 dias.

Já no grupo das infrações graves foram incluídos a operação dos equipamentos fora das especificações, que atinge aquelas estações que utilizam transmissores mais potentes do que o permitido, e a permanência por mais de 30 dias sem funcionamento sem motivo justificável. A pena prevista é multa e, em caso de reincidência, lacração do equipamento até a correção dos problemas.

Dentre as infrações gravíssimas constam a transferência da execução do serviço a terceiros e a realização de proselitisimo de qualquer natureza. A sanção para tais infrações é a cassação da autorização e a lacração dos equipamentos.

De acordo com Pedro Abramovay, a maior rigidez foi inserida na proposta seguindo a lógica de que o tratamento do desrespeito à legislação deve ser feito sob uma abordagem administrativa. "Atualmente, estas punições estão baseadas no fato de que estávamos lidando com conduta criminosa. Agora, a Anatel [Agência Nacional de Telecomunicações] tem que ter poder de coercitividade para fazer valer a regra. Só achamos que este poder não pode ser a polícia, a cadeia", explica.

Prioridade

O secretário de assuntos legislativos do MJ afirma que o projeto será uma prioridade do órgão neste ano. "Sabemos que o PL sofrerá resistências, mas o Executivo vai tratá-lo como prioridade", diz.

Esta proposta deve aumentar a polêmica em torno de reformas na legislação das rádios comunitárias no Congresso, já instalada por conta do debate sobre o substitutivo da deputada Maria do Carmo Lara (PT-MG), que reformula a Lei 9612/1998, em trâmite na Comissão de Ciência e Tecnologia (CCTCI) da Câmara dos Deputados.

A CCTCI, no entanto, demonstrou no fim do ano que pelo menos a questão da descriminalização encontra apoio entre os parlamentares. A comissão aprovou por unanimidade o substitutivo do deputado Walter Pinheiro (PT-BA) a projeto que tramitava na Câmara desde 1998, sobre a anistia de rádios comunitárias que estejam sendo processadas por operarem sem autorização. No novo texto, Pinheiro incluiu ainda a descriminalização da transmissão feita por rádios eminentemente comunitárias com potência de até 250W, modificando exatamente os mesmos artigos do CBT e da LGT revistos no projeto do Executivo.



Por Jonas Valente - Do Observatório do Direito à Comunicação

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Coisa nossa

Publicado hoje no Jornal O Diário (obrigado Helinho!)

Psicóloga e professora da Estácio em Campos, Beatriz Acâmpora de Oliveira foi 24ª colocada na maratona de São Sebastião, anteontem, no Rio de Janeiro, na categoria 30 a 34 anos. Concorreu com mais de 8 mil pessoas, muitas delas já acostumadas a esse tipo de competição e patrocinadas por empresas fortes.




Para saber tudo sobre a corrida: http://www.corridadesaosebastiao.com.br

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Br 101 interrompida

Um acidente no km 172 da BR 101 , direçao Campos-Rio, esta interrompendo o transito neste momento. Os veiculos estao sendo retirados pela Auto pista e dentro de alguns minutos a estrada BR 101 estara liberada.

DECISãO PROFERIDA PELO JUIZ RAFAEL GONÇALVES DE PAULA

DECISãO PROFERIDA PELO JUIZ RAFAEL GONÇALVES DE PAULA NOS
AUTOS DO PROC Nº 124/03 -
3ª Vara Criminal da Comarca de Palmas/TO:


A Escola Nacional de Magistratura incluiu, nesta sexta feira (30/06), em seu banco de sentenças, o despacho pouco comum do Juiz Rafael Gonçalves de Paula, da 3ª Vara Criminal da Comarca de Palmas, em Tocantins.

A entidade considerou de bom senso a decisão de seu associado, mandando soltar Saul Rodrigues Rocha e Hagamenon Rodrigues Rocha, detidos sob acusação de furtarem duas melancias:

DECISÃO

'Trata-se de auto de prisão em flagrante de Saul Rodrigues Rocha e Hagamenon Rodrigues Rocha,que foram detidos em virtude do suposto roubo de duas (2) melancias. Instado a se manifestar, o Sr. Promotor de Justiça opinou pela manutenção dos indiciados na prisão.

Para conceder a liberdade aos indiciados, eu poderia invocar inúmeros fundamentos: os ensinamentos de Jesus Cristo, Buda e Gandhi, o Direito Natural, o princípio da insignificância ou bagatela, o princípio da intervenção mínima, os princípios do chamado Direito Alternativo, o furto famélico, a injustiça da prisão de um lavrador e de um auxiliar de serviços gerais em contraposição à liberdade dos engravatados e dos políticos do mensalão deste governo, que sonegam milhões dos cofres públicos, o risco de se colocar os indiciados na Universidade do Crime (o sistema penitenciário nacional)...

Poderia sustentar que duas melancias não enriquecem nem empobrecem ninguém.

Poderia aproveitar para fazer um discurso contra a situação econômica brasileira, que mantém 95% da população sobrevivendo com o mínimo necessário, apesar da promessa deste Presidente que muito fala, nada sabe e pouco faz.

Poderia brandir minha ira contra os neo-liberais, o consenso de Washington, a cartilha demagógica da esquerda, a utopia do socialismo, a colonização européia...

Poderia dizer que George Bush joga bilhões de dólares em bombas na cabeça dos iraquianos, enquanto bilhões de seres humanos passam fome pela Terra...

E aí? Cadê a Justiça nesse mundo?

Poderia mesmo admitir minha mediocridade por não saber argumentar diante de tamanha obviedade.
Tantas são as possibilidades que ousarei agir em total desprezo às normas técnicas. Não vou apontar nenhum desses fundamentos como razão de decidir...

SIMPLESMENTE MANDAREI SOLTAR OS INDICIADOS.. .

QUEM QUISER QUE ESCOLHA O MOTIVO!

Expeçam-se os alvarás de soltura. Intimem-se'.

RAFAEL GONÇALVES DE PAULA
Juiz de Direito

domingo, 18 de janeiro de 2009

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO 16-01 PARTE I

Graças ao Kaikassbh, usuario do Youtube, podemos colocar o ultimo capitulo inteiro de A FAVORITA.
Essa postagem é em resposta a vários e-mails que recebi. Algumas pessoas não estavam conseguindo encontrar as partes para ver todo o capitulo.
Portando, aqui está, sem cortes!

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE II

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE III

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE IV

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE V

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE VI

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE VII

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE VIII

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE IX

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE X

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE XI

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO PARTE XII

A FAVORITA-ULTIMO CAPITULO ÚLTIMA PARTE XIII.mpg

Para ver desde o começo, vá até o primeiro post no alto da página.

sábado, 17 de janeiro de 2009

Curso de Testes em Copacabana

O Curso de Testes Psicológicos do ISEC estará a partir desta segunda em Copacabana, de 19/01 ao dia 23/01/09 sempre de 14hs às 18hs.
Se você é Psic[ologo ou estudantre de psicologia no Rio de Janeiro não perca esta grande oportunidade.
Siga o link e veja quais os testes que serão ensinados.
Inscrições pelos tels: 8881 3911 ou 2255 7922

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Cai avião da US Airways em Nova York

O GLOBO

Cai avião da US Airways em Nova York

Data : Quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Comentário do Remetente:
Caramba, que sorte desta turma!

A vingança do tio da sukita

Finalmente...

Sukita A festa

TIO DA SUKITA 1999

Como dizer a mulher que ela está bonita?

Aprenda com quem sabe!

Beijinho Doce - Materia No Fantastico

Beijinho Doce By Davis Meneghell - Do Fantástico

Pelo Davis Meneghel, excelente, parabéns pela disposição...

Mas esse é o Moller Skycar M400

Estou na fila de compra deste carro desde 1996... pode ir no site oficial que meu nome é um dos primeiros. Já estou com uns 20 porquinhos cheios de moedas...

Carro Voador!

Esse está melhor?

DESCOBRI !!!!!!!!!!!

A explicação é simples, são feitos de plástico e cheios de hélio, o que dá o movimento, por controle remoto, são as pequenas hélices do lado.

Flying Car demo at Paris Motor Show 2006

Para aí.. que que é isso ??????

Essa é nova...

Tá bom, dá até para fazer um por aqui...

Ary Toledo - O rico e o pobre

Para um feriado até que vai... Ary Toledo e suas paródias...

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Qual a diferença entre covardia e coragem?


Existe um pensamento, equivocado, inserido firmemente na maioria das pessoas que fugir de uma briga é covardia!


Isso não é de todo verdade!


Covardia não é nada disso.


Ser covarde é aproveitar uma situação de superioridade e poder para infligir dano ao outro.
Muitos covardes passaram para história como heróis, afinal são os vencedores escrevem do seu jeito a nossa memória.


Se afastar de uma briga, provocação ou contenda, principalmente nos dias de hoje, é sabedoria.
Na verdade deveríamos viver de modo a não precisarmos estar em disputa feroz de algo.
No entanto, ser bom, não significa não lutar ou enfrentar situações onde a força deve ser imposta.
Um exemplo iconográfico deste tema é a imagem de Nossa Senhora das Graças, por favor não entremos na abordagem religiosa, mas sim, como disse na simbologia colocada ao longo das gerações e pouco dita.
Nessa representação o semblante pacífico não se perturba enquanto o pé direito esmaga, fortemente, a cabeça de uma serpente.
A interpretação, quase sempre esquecida na velocidade dos tempos modernos, é de que o bom, o justo, não deve se desequilibrar diante do mal, mas deve combater com firmeza sem alterar seu tônus.


Esquivar-se das provocações rasteiras dos covardes e agir com firmeza na forma correta e no momento adequado é o ideal.

Não esquecendo ainda a arena de conflito correta.


Portanto não se intimide e tenha coragem para fugir de um covarde!

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Veja o UFO em GAZA

Preste atenção aos 43 segundos da matéria (10/01/2009), quando a câmera mostra um helicóptero em voo (não tem acento mais não hein...) o UFO passa em alta velocidade e some antes de completar o quadro. UFO é um objeto voador não identificado, não quer dizer que seja de outro mundo, pode até ser de outra religião.

Eu choro a tôa...

Caramba, eu tinha vergonha de dizer isso até uns anos passados... eu mudei mesmo!
Bom, digo isso me referindo ao post que está logo abaixo deste, não vou explicar, vá em http://www.playingforchange.com que você vai entender.
Assista o vídeo todo, transporte-se para essa dimensão, esse lugar chamado Terra, essa nossa nave espacial que tripulamos tão mal.
Somos os filhos mais bonitos dela! Os mais inteligentes e charmosos, somos capazes de fazer coisas incríveis como este vídeo de cinco minutos que, não tenho dúvida, vai te emocionar também!

Stand By Me

...


Quando a noite tiver chegado
E a terra estiver escura,
E a lua for a única luz que veremos,
Não, eu não terei medo
Não, eu não terei medo
Desde que você fique
Fique comigo

Refrão:
Então querida, querida,
Fique comigo
Oh, fique comigo,
Oh, fique
Fique comigo,
Fique comigo...

Se o céu que vemos lá em cima
Desabar e cair
Ou as montanhas desmoronarem no mar
Eu não chorarei, eu não chorarei
Não, eu não derramarei uma lágrima,
Desde que você fique
Fique comigo

Quando você estiver com problemas, você não contará comigo?
Oh, conte comigo
Oh, você não ficará agora?
Conte comigo

...

DANIEL GEVAERD NO BBB


domingo, 11 de janeiro de 2009

sábado, 10 de janeiro de 2009

O Curioso Caso de Benjamin Button

O Curioso Caso de Benjamin Button (The Curious Case of Benjamin Button) é uma adaptação do clássico conto da década de 1920 escrito por F. Scott Fitzgerald, sobre a história de um homem que nasce com aparência de oitenta anos e vai rejuvenescendo.

Tudo começa em New Orleans a partir do fim da I Guerra Mundial, em 1918, até o século XXI, que dá sequência para sua jornada extremamente incomum. Com dezoito anos, Benjamin Button era como um homem de cinqüenta, aos setenta, fazia peraltices como um garoto de dez anos de idade.

Estréia dia 16 de janeiro nos cinemas do Brasil.

Monty Python - Dejá vu

Eu acho que já vi isso...

Linha Direta Justiça - Máscaras de Chumbo (1° Parte)

Esse caso, que tem como personagens principais duas pessoas de Campos-RJ, eu pessoalmente investiguei e estive com algumas pessoas que aparecem no documentário. Na época da produção ajudei com algumas informações que tinha recolhido. Essa semana, uma dessas pessoas me pediu para localizar esse material, graças as Glauber (postou no Youtube) aí está ele, na integra para todos nós.
Glauber, obrigado!

Linha Direta Justiça - Máscaras de Chumbo (2° Parte)

Linha Direta Justiça - Máscaras de Chumbo (3° Parte)

Linha Direta Justiça - Máscaras de Chumbo (4° Parte)

Linha Direta Justiça - Máscaras de Chumbo (Última Parte)

Espero que tenham gostado da seleção desde vídeo pois algumas das pessoas que estão nele são meus amigos e estão falando a verdade sobre os fatos.

Em Cucuta na Colômbia um fantasma assusta a população

E eu também fiquei com medo, tanto que nem vou mais em Cutuca neste fim de semana.

Malhação 2008 - Último capítulo, 09/01/2009. Parte 1

Para quem perder na Tv o último capítulo...

Malhação 2008 - Último capítulo, 09/01/2009. Parte 2

Para quem perdeu na TV

Malhação 2008 - Último capítulo, 09/01/2009. Parte 3

Para quem perdeu na TV

Casa desaba depois da enchente em Cardoso Moreira

Fotos de Gean Pierre e Leonardo Paiva para o URURAU


Do Site URURAU, que está fazendo um ótimo trabalho de cobertura na nossa região!


O estudante de Comunicação Social, Ruan Sousa, enviou para o URURAU quatro fotos impressionantes da destruição de uma casa em Cardoso Moreira. A residência ficava no bairro Cachoeiro, próximo ao Ciep Admar Ferreira de Medeiros, às margens do rio Muriaé, que transbordou quatro vezes no município num período de pouco mais de um mês.
As fotografias foram feitas por Gean Pierre e Leonardo Paiva e também foram publicadas no blog do Ruan, o www.ruansousa.blogspot.com Cardoso Moreira foi o único município da região Norte Fluminense a decretar estado de calamidade pública. Cerca de 90% da área urbana da cidade foi atingida pela enchente.

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

DE OLHO NA CIDADE NA RÁDIO CONTINENTAL

Novo comercial, que entra no ar neste fim de semana, sobre o programa mais visto, e ouvido, no Norte Fluminense.

quinta-feira, 8 de janeiro de 2009

PREZADOS ZIRALDO E JAGUAR ...

Recebi um e mail, do meu amigo Sávio, que também é Psicólogo, com este texto, gostei muito e fui na fonte (conforme o link), no próprio blog original, e aí está o que o Dr. Ilton Dellandrea, Juiz de Direito, escreveu sobre O PASQUIM...


" Eu fui fã nº 1 de O Pasquim. Em seguida saberão por quê. Por isto me sinto traído pela atitude de vocês (aqui).

Vocês, recebendo essa indenização milionária, fizeram exatamente aquilo que criticavam na época: o enriquecimento fácil e sem causa emergente da e na estrutura ditatorial.
Na verdade, vocês se projetaram com a Ditadura. Vocês se sustiveram da Ditadura. Vocês se divertiram com a Ditadura. Está bem, vocês sofreram com a Ditadura, mas, exceto aquela semanada na cadeia – que parece não foi tão sofrida assim –, nada que uma entrevista regada a uísque e gargalhadas na semana seguinte não pudesse reparar.

A cada investida da Ditadura vocês se fortaleciam e a tiragem seguinte do jornal aumentava consideravelmente.

Receber um milhão de reais e picos por causa daquela semana, convenhamos, é um exagero, principalmente quando se considera que o salário mínimo no Brasil é de R$ 420,00. Por mês...
Vocês não podem argumentar que a Ditadura acabou com o jornal. Seria a mais pura mentira, se é que a mentira pode ser pura.


O O Pasquim acabou porque vocês se perderam. O O Pasquim acabou nos estertores da Ditadura porque vocês ficaram sem o motor principal de seu sucesso, a própria Ditadura. Vocês se encantaram com a nova ordem e com a possibilidade de a Esquerda dominar este país que não souberam mais fazer humor. Tanto que mais tarde voltaram de Bundas – há não muitos anos – e de bunda caíram porque foram pernósticos e pedantes. Vocês só sabiam fazer uma coisa: criticar a Ditadura e não seriam o que são sem ela.

Eu vi o nº 1 de O Pasquim num tempo em que não tinha dinheiro para adquiri-lo. Mais tarde, estudante em Florianópolis, passei a comprá-lo toda semana na rua Felipe Schmidt, próximo à rua 7 de Setembro, numa banca em que um rapaz chamado, se não me engano Vilmar, reservava um exemplar para mim. Eu pagava no fim do mês.

Formado em Direito, em 1976 fui para Taió. Lá assinei o jornal que não chegava na papelaria do meu amigo Horst. Em 1981 vim para o Rio Grande do Sul e morando, inicialmente, em Iraí, continuei assinante. Em fins de 1982 fui promovido para Espumoso e sempre assinante. Eu tenho o nº 500 de O Pasquim, aquele que foi apreendido nas bancas e que os assinantes receberam...
Nessa época, não sei se lembram, o jornal reduziu drasticamente seu número de folhas. Era a crise. Era um arremedo do que fora, mas ainda assim conservava alguma verve. A Ditadura estava saindo pelas portas dos fundos e vocês pelas portas da frente, famosos e aplaudidos.
Vocês lançaram uma campanha de assinaturas. Eu fui a campo e consegui cinco ou seis. Em Espumoso! Imaginei que se cada assinante conseguisse cinco assinaturas, ajudaria muito.


Eu era Juiz de Direito. Convenhamos: não fica bem a um Juiz sair vendendo assinatura de jornal. Mas fiz isto com o único interesse de ajudar o O Pasquim a se manter. Na verdade, as assinaturas foram vendidas a amigos advogados aos quais explanei a origem, natureza e linha editorial do jornal. Uns cinco ou seis adquiriram assinaturas anuais.

No máximo dois meses depois todos paramos de receber o jornal, que saiu de circulação. O O Pasquim deu o calote... Eu fiquei com cara de tacho e, como se diz por aqui, mais vexado que guri cagado. Sofri constrangimento por causa de vocês. Devo pedir indenização por isto? Não. Esqueçam!
Mas agora que vocês estão milionários, procurem nos seus registros e devolvam o dinheiro dos assinantes de Espumoso que pagaram e não receberam a assinatura integral. Naquele tempo vocês não tinham como fazê-lo. Agora têm. Paguem proporcionalmente, mas com juros e correção monetária, como manda a lei.


Caso contrário, além de traidores, serei obrigado a considerá-los também caloteiros."


Ilton Dellandrea
Juiz de Direito

terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Enchente em Itaperuna

 Veja amanhã no programa:
 
 -  Olá,  João, Segue  as  fotos da Av. Cardoso Moreira e da Rua Coronel Emiliano Silva, no centro de Itaperuna - RJ.  Tiradas as 17:00 do dia 06/01/2009.   Att,   Carlos Eduardo 
 
Obrigado Carlos, valeu pela contribuição para o programa "De Olho Na Cidade" 

Foto da Praça São Salvador antiga

Bom dia meu amigo, sei que você gosta de fotos antigas, essa que está anexada é da Praça São Salvador, acho eu que é dos anos 40, por causa dos carros, se você reparar tinha uma igreja,mas o terreno pertencia e pertence até hoje a Santa Casa, mas foi demolida, e hoje abriga um estacionamento.
Espero que goste, Excelente Ano de 2009 para você e toda a sua família.
Marcinha Kury

segunda-feira, 5 de janeiro de 2009

Obstrução no Canal das Flechas.

Confome podemos ver, na foto do Guilherme Chagas , a saída para o mar, pelo Canal das Flechas, se econtra obstruída por um banco de areia.
Onde foi mesmo que nós guardamos aquelas bananas de dinamite?

domingo, 4 de janeiro de 2009

Qual o problema do poeta?

Qual o maior dilema que o poeta pode enfrentar?

Acordar, de manhã, sem nenhum problema para lidar!

Sem um amor não resolvido,
sem um regime autoritário e falido,
Sem angústia e desespero...
Maravilha! Só alegrias!
Queria esse problema um dia!