PÁGINA OFICIAL, FACEBOOK e E-MAIL

http://www.isec.psc.br

https://www.facebook.com/Prof.Joao.Oliveira

E-mail: isecpsicologia@gmail.com

Para receber informações sobre palestras e cursos mande um email para: isec_news-subscribe@yahoogrupos.com.br

quarta-feira, 31 de dezembro de 2008

ANO NOVO, DE NOVO?

Não, não há razão para a este novo ano dizer não!
De novo ano novo e novamente a emoção: angústia!
Não fiz o que prometi, não alcancei o que desejei, não me tornei.. muito diferente.
É o que sei.

No entanto amei!
Durante todos os segundos deste ano que finda.
E sou amado, Disso tenho certeza!
Por isso, ano novo, te dou Boas Vindas!

Sem promessas, sem desejos.. não quero ser diferente!
Quero amar e ser amado, não há melhor presente.


Bia, tudo de bom seu nome principia... Beleza, inteligencia e meu amor.

quinta-feira, 25 de dezembro de 2008

A Importância da Palavra no Livro dos Mortos

No Livros dos Mortos, guia para as almas no mundo dos mortos do Antigo Egito (não vá para a tumba sem ele), está escrito que Anúbis, antes de mais nada, tirava os pontos que mantinham fechada a boca do morto para que este pudesse fazer sua própria defesa.
Não eram os deuses que diziam sobre os pecados do morto, era ele mesmo, que ao fazer uso da palavra, se defendia com confissões negativas ou encantamentos. Durante todo o tempo em que durava seu julgamento.

As 42 Confissões Negativas



O falecido observa todas as ações praticadas na vida terrena e tem de decidir o destino de sua vida futura no mundo dos mortos, baseando-se nas ações cometidas na vida anterior.

Quem dita o julgamento é o próprio morto, expondo tudo o que fez e principalmente, tudo o que não fez:


As 42 confissões negativas são:

Eu não cometi iniqüidades.

Eu não saqueei a terra cultivada.

Eu não cometi insolência.

Eu não assaltei.

Eu não agi com luxúria.

Eu não exagerei.

Eu não roubei.

Eu não amaldiçoei ninguém.

Eu não julguei precipitadamente.

Eu não agi com violência.

Eu não fiquei irado sem justa causa.

Eu não cortei animais divinos.

Eu não matei seres humanos.

Eu não dormi com a mulher alheia.

Eu não berrei em conversas.

Eu não roubei oferendas.

Eu não poluí a mim mesmo.

Eu não cometi pecados.

Eu não causei destruição.

Eu não aterrorizei nenhum homem.

Eu não amaldiçoei a realeza.

Eu não pilhei dos templos.

Eu não pilhei.

Eu não desperdicei água.

Eu não cometi falsidade.

Eu não agi com raiva.

Eu não agi com arrogância.

Eu não roubei comida.

Eu não fui surdo a necessitados.

Eu não blasfemei.

Eu não amaldiçoei.

Eu não aticei brigas.

Eu não agi com falso orgulho.

Eu não transgredi.

Eu não fiz ninguém chorar.

Eu não agi com desdém.

Eu não abati o rebanho divino.

Eu não forniquei.

Eu não enriqueci ilicitamente.

Eu não fiz o mal.

Eu não destruí meu coração.

Eu não desprezei as tradições.

Responda-me ! O que é mais pesado, a pena de M`aat, ou o seu coração?

Diante desta pergunta de Anúbis, no tribunal dos mortos, na Sala das Duas Verdades, em presença de Osiris, ao lado de Ísis e Néfis e ainda cercado por catorze assessores, não me resta muito a dizer, a não ser, apelar para meu próprio coração:

- "Oh! meu coração de minha mãe, coração de minhas formas! Não te voltes contra mim como testemunha, não te oponhas a mim diante dos juizes, não faças teu peso contra mim distante dos juizes, não faça teu peso contra mim diante do senhor da balança. És meu Ka que está em meu seio, o Khnum que dá integridade a meus membros. Não permitas que o meu nome cheire mal, não digas mentira contra mim diante de deus!"




Bee Gees-How Can You Mend a Broken Heart (legenda português)

Chad Vader, o gerente - Episódio 8

Chad Vader, o gerente - Episódio 7

Chad Vader, o gerente - Episódio 6

Chad Vader, o gerente - Episódio 5

Chad Vader, o gerente - Episódio 4

Chad Vader, o gerente - Episódio 3

Chad Vader, o gerente - Episódio 2

Chad Vader, o gerente - Episódio 1

Depois que a série acabou ele teve que arrumar um emprego decente para sustentar as pilhas do sua Espada Laser.

quarta-feira, 24 de dezembro de 2008

O homem no buraco

Todos falaram... mas só um veio aqui de fato, amanhã é aniversário dele.

E para nós, onde Jesus nasceu?


De Chico Xavier


Perguntemos a Maria de Magdala, onde e quando nasceu Jesus. E ela nos responderá:- Jesus nasceu em Betânia. Foi certa vez, que a sua voz, tão cheia de pureza e santidade, despertou em mim a sensação de uma vida nova com a qual até então jamais sonhara.

Perguntemos a Francisco de Assis o que ele sabe sobre o nascimento de Jesus. Ele nos responderá:- Ele nasceu no dia em que, na praça de Assis entreguei minha bolsa, minhas roupas e até meu nome para segui-lo incondicionalmente, pois sabia que somente ele é a fonte inesgotável de amor.

Perguntemos a Pedro quando deu o nascimento de Jesus, Ele nos responderá:- Jesus nasceu no pátio do palácio de Caifas, na noite em que o galo cantou pela terceira vez, no momento em que eu o havia negado. Foi nesse instante que acordou minha consciência para a verdadeira vida.

Perguntemos a Paulo de Tarso, quando se deu o nascimento de Jesus. Ele nos responderá:- Jesus nasceu na Estrada de Damasco quando, envolvido por intensa luz que me deixou cego, pude ver a figura nobre e serena que me perguntava: Saulo, Saulo porque me persegue? E na cegueira passei a enxergar um mundo novo quando eu lhe disse:- Senhor, o que queres que eu faça?!

Perguntemos a Joana de Cusa onde e quando nasceu Jesus. E ela nos responderá:- Jesus nasceu no dia em que, amarrada ao poste do circo em Roma, eu ouvi o povo gritar:- Negue! Negue!E o soldado com a tocha acesa dizendo:- Este teu Cristo ensinou-lhe apenas a morrer?Foi neste instante que, sentindo o fogo subir pelo meu corpo, pude com toda certeza e sinceridade dizer:- Não me ensinou só isso, Jesus ensinou-me também a amá-lo.

Perguntemos a Tomé onde e quando nasceu Jesus. Ele nos responderá:- Jesus nasceu naquele dia inesquecível em que ele me pediu para tocar as suas chagas e me foi dado testemunhar que a morte não tinha poder sobre o filho de Deus. Só então compreendi o sentido de suas palavras:- Eu sou o caminho, a verdade e a vida.

Perguntemos à mulher da Samaria o que ela sabe sobre o nascimento de Jesus. E ela nos responderá:- Jesus nasceu junto à fonte de Jacob na tarde em que me pediu de beber e me disse:- Mulher eu posso te dar a água viva que sacia toda a sede, pois vem do amor de Deus e santifica as criaturas.Naquela tarde soube que Jesus era realmente um profeta de Deus e lhe pedi: - Senhor, dá-me desta água.

Perguntemos a João Batista quando se deu o nascimento de Jesus. Ele nos responderá:- Jesus nasceu no instante em que, chegando ao rio Jordão, pediu-me que o batizasse.E ante a meiguice do seu olhar e a majestade da sua figura pude ouvir a mensagem do Alto:- "Este é o meu Filho Amado, no qual pus a minha complacência!- Compreendi que chegara o momento de ele crescer e eu diminuir, para a glória de Deus.

Perguntemos a Lázaro onde e quando nasceu Jesus? Ele nos responderá:- Jesus nasceu em Betânia, na tarde em que visitou o meu túmulo e disse: - Lázaro! Levanta.Neste momento compreendi finalmente quem Ele era... A Ressurreição e a Vida!

Perguntemos a Judas Iscariotes quando se deu o nascimento de Jesus. Ele nos responderá:- Jesus nasceu no instante em que eu assistia ao seu julgamento e a sua condenação.Compreendi que Jesus estava acima de todos os tesouros terrenos.

Perguntemos a Bezerra de Menezes o que ele sabe sobre o nascimento de Jesus e ele nos responderá:- Jesus nasceu no dia em que desci as escadas da Federação Espírita Brasileira e um homem se aproximou dizendo:- Vim devolver-lhe o abraço que me deste em nome de Maria, porque renovei minha fé e a confiança em Deus.Foi naquele instante que percebi a Sua misericórdia e o Seu imenso amor pelas criaturas.

Perguntemos, finalmente, a Maria de Nazaré onde e quando nasceu Jesus. E ela nos responderá:-Jesus nasceu em Belém, sob as estrelas, que eram focos de luzes guiando os pastores e suas ovelhas ao berço de palha. Foi quando o segurei em meus braços pela primeira vez e senti se cumprir a promessa de um novo tempo através daquele Menino que Deus enviara ao mundo, para ensinar aos homens a lei maior do amor.

Agora pensemos um pouquinho:E para nós, quando Jesus nasceu?

Pensemos mais um pouquinho:e se descobrirmos que ele não nasceu?

segunda-feira, 22 de dezembro de 2008

Deputado luta pela volta da Lagoa Feia ao seu tamanho real

O Deputado Federal Geraldo Pudim demonstrou como está realmente preocupado com a Lagoa Feia. No post abaixo pode-se ouvir em sua entrevista sua empolgação quando ele fala do tamanho real da lagoa e como ela pode ser revitalizada. Na foto de Guilherme Chagas (o sobrevivente).

Palestra no Cefet

A convite do clube de astronomia

Feira de Artesanato no Palácio da Cultura

Até amanha as 20 horas, ótima oportunidade para comprar presentes bons e baratos.

Coletiva de Dr. Marcelo Lessa

Neste momento no aeroporto.

domingo, 21 de dezembro de 2008

Enchente de Italva - Fotos de hoje dia 21/12

Da nossa leitora Dyanna Soares as fotos de Italva neste Domingo, a situação só não está pior porque a marinha está presente fazendo dezenas do vôos levando alimentos e água. O combustivel das aeronaves acabou em Campos e algumas foram reabastecer em Macaé.

Fotos de 3 Vendas 21.12.2008

A  Situação em Três Vendas, a margem da BR 356, está critica depois que o dique se rompeu. Uma equipe de médicos dos bombeiros já atendeu mais de 150 pessoas só no dia de hoje. Fotos de Renato Boldes.

Neste momento o dique da Ilha dos Carões é implodido!

Neste momento a equipe comandada por Dr. marcelo Lessa, promotor de justiça, está demolindo o dique situado na Ilha dos Carões.

Uma dinastia de poder na região está sendo destruída muro por muro.

Dr. Marcelo Lessa fala sobre sabotagem nos equipamentos

Essa gravação foi antes de ter conseguido o apoio com o Deputado Geraldo Pudim que resultou na ação de derrubada dos diques. Omais relevante nessa entrevista é a revelação que uma máquina foi sabotada.

Viacabo de Campos e Macaé faz festa de fim de ano (2008)

Nosso parceiro Lenimar Soares, diretor da Viacabo explixa as ações da empresa e a festa de fim de ano.

Agora só em março

O Maha Visnu entra em recesso e só volta no dia 8 de março.

IMPLOSÃO NO ESCURO Dique da propriedade de empresário foi rompido

Leandro Nunes, do Ururau, acompanhado a operação numa foto do Guilherme Chagas


Depois de atravessar todo o dia na preparação para a execução da implosão, somente às 21h30 deste sábado, aconteceu a primeira das quatro implosões em diques em propriedades rurais, na Baixada Campista.


Mesmo depois de enfrentar diversas dificuldades operacionais, que impossibilitaram a ação mais cedo, os explosivos foram detonados e romperam o dique na propriedade do empresário Ari Pessanha.


Neste domingo (21/12) mais três serão implodidos, o da propriedade de Demerval Queiroz, no Canal do Major e na Fazenda do Louro, o que fatalmente fará com que as águas represadas da Lagoa Feia tomem seu destino normalmente e assim faça com que diversas localidades da região deixem de sofrer com as cheias.


URURAU ACOMPANHA NO LOCAL TODAS AS AÇÕESAs ações voltadas para a execução do plano para a implosão de dois diques na zona rural de Campos tiveram início no início da tarde deste sábado. Primeiro houve o retardamento por conta do grande aparato formado para atender as famílias atingidas pela enchente em toda a região.


Com a presença da Polícia Civil e Militar, Defesa Civil e do Deputado Federal Geraldo Pudim, o Promotor de Justiça Marcelo Lessa coordenou toda a ação com dois helicópteros, no início da tarde.


“Houve uma mobilização grande por parte do Governo do Estado por socorro as pessoas ilhadas, e as aeronaves só foram liberadas na parte da tarde, por estarem empenhadas em outras ações, tão ou mais importante do que essa. Superado isso colocamos o bloco na rua e demos início aos trabalhos”, declarou Marcelo Lessa.


O primeiro passo foi a realização das perfurações no local da implosão, na propriedade do empresário Ari Pessanha. Há poucos metros haviam acontecido no dia anterior duas aberturas no dique da propriedade de Demerval Queiroz, com a utilização de uma draga que foi destruída durante a madrugada.


Segundo o Promotor Marcelo Lessa, pessoas que não foram identificadas foram até a máquina e colocaram areia, além de cortarem as mangueiras, o que a danificou e causou grande prejuízo. A pessoa deslocada para fazer a vigília do equipamento, foi rendida e nada pôde fazer para impedir a ações.


“Comprovando o que venho falando a mais de uma semana, houve a destruição da draga anfíbia, que ontem fez um rompimento em dois pontos da propriedade rural do senhor Demerval Queiroz. É a mesma máquina que faz a limpeza do Canal das Flechas e ficou inoperante. Isso vem a confirmar os adjetivos que os venho adjetivando, como bandidos”, declarou.


O trabalho de perfuração permaneceu por todo o dia, mas na parte da tarde, por volta das 15h, houve uma interrupção quando o motor que fazia a sucção da água nos canos onde seriam colocados os explosivos, parou de funcionar e houve a solicitação de um novo motor.


Os explosivos chegaram ao local, às 18h, levados pelo helicóptero brindado, da Polícia Civil. Já o motor para dar seqüência dos trabalhos, foi levado pelo barco da Marinha e só chegou por às 18h.

Neste momento, Marcelo Lessa sobrevoou a área para realizar o que foi classificado como varredura, para se avaliar se existiam residências e famílias que poderiam ser atingidas com as águas que ganhariam grande parte da região, após a realização da implosão.


Ao anoitecer, as equipes de reportagens presentes tiveram que deixar o local, já que o retorno ficava ainda mais comprometido com o passar do tempo. Ficou apenas um fotógrafo, Raphael Cordeiro, do jornal O Diário, com a autorização do promotor e no compromisso de enviar para os demais órgãos de comunicação, para que pudessem a publicação.


A implosão foi finalmente executada às 21h30.

sábado, 20 de dezembro de 2008

UM DIQUE A CASA CAI

Veja e ouça com calma, a reportagem completa estará na Tv Litoral a partir de amanhã. Não percam o DE OLHO de segunda e leiam o ururau.com.br que também tem muita coisa sobre os diques que cairam. Agradecimentos em especial ao Deputado Geraldo Pudim e ao Comandante Romeiro que tornaram possíveis estas imagens no local da operação.

OS SOBREVIVENTES DOS DIQUES

Caro amigo e companheiro de diques João, seguem as fotos dos "desamparados"

Por volta de 14:55 fomos deixados de helicóptero, no meio do charqueado a cerca de 5km de qualquer habitação ou acesso de via terrestre, no meu caso para fazer a cobertura fotográfica da operação promovida pelo Ministério Público Estadual e Ministério Público Federal, na margem direita da Lagoa Feia em Quissamã.







Lá pelas 18:30 fomos avisados por celular que o helicoptero que nos levou, tentou decolar, mas devido ao mal tempo teve que retornar ao aeroporto sem conseguir nos resgatar. Com um CB (cumulos nimbos) se aproximando rapidamente, tentamos sair por meios próprios, ou seja, a pé, mas não fomos felizes, tivemos de nos abrigar neste "imenso" abrigo como é mostrado
Em meio a forte chuva e raios de todo tipo e tamanho, ficamos literalmente ilhados no meio do nada, esperando um resgate que ocorreu por volta das 02:00 por um integrante da Guarda Florestal e outro do corpo de bombeiros. Se você puder faça uma agradecimento especial ao Sargento Ferreira da Guarda Florestal e ao Guarda vida do Bombeiro Rodrigo Cordeiro Cardoso. E também aos: capitão Mendonça da Defesa Civil e ao Sargento Macedo também da Guarda Florestal, que participaram também do resgate dando apoio.

Sargento Ferreira dando apoia a travessia de um dos vários canais que tivemos de atravessar, a um membro do MPF, ao Policial Federal, e a este humilde fotógrafo membro do Aeroclube de Campos. Da esquerda para direita, Sargento Ferreira, Capitão Mendonça, Guarda-vida Bombeiro Rodrigo Cordeiro Cardoso, Luis Felipe membro do MPF, Júlio Policial Federal, Nei também membro do MPF e o sargento Macedo da Guarda Florestal. Eu, como sempre não saio na foto fotógrafo fica sempre de fora, mas para salvar minha reputação o sargento Macedo tirou essa que salvou minha pátria.

Guilherme Chagas - sobrevivente
obs. Foram quase quatro horas de caminhada por um terreno alagado e absolutamente escuro, em certo pontos eles tiveram de nadar, o restante a água estava na altura do peito.

Daqui a pouco tem :

Isso não pode ser um blog, deve ser um filme de aventuras... Dificuldade de pouso e decolagens


Um dique que vai explodir ainda hoje a qualquer momento
Entrevista com Dr. Marcelo lessa



Teatro de Operações no meio do nada



Entrevista com o Deputado Geraldo Pudim



Aventura no Dique!

Estou chegando agora do Dique situado em uma fazenda na divisa de Quissamã com a Lagoa Feia. No meio do nada por mais de 3 horas. Por lá o Deputado Federal Geraldo Pudim, Dr. Marcelo Lessa e os companheiros de imprensa: Guilherme Chagas, Leandro Nunes do Site Ururau (que me ajudou muito), Rafinha e Carla Flavia, Antonio Cruz, Aroldinho da Record e tinha muita mais gente, mas a explosão mesmo eu não fiquei para ver.
Acontece que o Comandante Romeiro estava com um helicoptéro que não tem capacidade de vôo noturno e a dificuldade de pouso e decolagem (vocês vão ver daqui a pouco) impediria o resgate mais tarde. Por isso Joãozinho Oliveira zarpou fora no primeiro vôo de volta para não passar a noite no meio do nada, coisa que aconteceu essa semana com o Guilherme.
Mas isso é outra história, aguardem um momento que vou começar a editar o material.

Os Avetruzes do Recanto do Bosque recebem o pessoal da Viacabo de asas abertas

Confraternização da Viacabo

Tribunal de Justiça do Rio concede liminar contra empresa que poluiu Rio Paraíba do Sul

O GLOBO

Tribunal de Justiça do Rio concede liminar contra empresa que poluiu Rio Paraíba do Sul

Data : Sábado, 20 de dezembro de 2008

Comentário do Remetente:
Estamos no caminho certo, embora não tenha volta o estrago feito.

Teatro de Operações

Para atender Italva, Cardoso Moreira, Itaperuna e Pádua.

sexta-feira, 19 de dezembro de 2008

Caramujos


Olhando as fotos (abaixo) dos caramujos na mureta do Rio Paraíba, me deu a impressão de serem os tais caramujos africanos.
Não são esses que transmitem uma doença que pode ser fatal?

Prefeito decreta Situação de Emergência em todo município





O Prefeito Municipal de Campos dos Goytacazes/RJ, no uso das atribuições legais conferidas pelo artigo 73, inciso IX, da Lei Orgânica do Município, pelo artigo 17 do Decreto Federal nº 5.376, de 17 de fevereiro de 2005, e pela Resolução nº 3 do Conselho Nacional de Defesa Civil, de 02 de julho de 1999, e,




CONSIDERANDO intensa precipitação pluviométrica, muito acima da média anual, que vem ocorrendo nos últimos dias, inclusive em Municípios de Minas Gerais e São Paulo, o que faz com que os afluentes do Rio Paraíba fiquem cheios, acabando por provocar inundações e enchentes em todo o Município de Campos dos Goytacazes;



CONSIDERANDO que a elavação gradativa do nível das águas do Rio Paraíba coloca em risco a vida e saúde da população do Município, tendo em vista que muitas famílias terão que deixar suas casas;



CONSIDERANDO que em reunião realizada no dia 18 de dezembro deste ano, na qual compareceram os representantes do Poder Executivo Municipal, Exército, Corpo de Bombeiros, membros da Equipe de Transição e do Ministério Público do Estado, através da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva, e que nos autos do ICP 224/08, ficou determinado que se faça um aporte de recursos para as Secretarias Municipais de Defesa Civil e Promoção Social, para fins de custeio das ações emergenciais necessárias às respostas imediatas que a situação requer;

DECRETA:
Art. 1º – Fica declarada a existência de situação anormal caracterizada como SITUAÇÃO DE EMERGÊNCIA EM TODO O MUNICÍPIO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES.



Art. 2º - Confirma-se a mobilização do Sistema Nacional de Defesa Civil, no âmbito do Município, sob a coordenação do Comando da Defesa Civil e autoriza-se o desencadeamento do Plano Emergencial de Resposta aos Desastres, após adaptado à situação real desse desastre.



Art. 3º - Autoriza-se a convocação de voluntários, para reforçar as ações de resposta aos desastres, e a realização de campanhas de arrecadação de recursos, junta à comunidade, com o objetivo de facilitar as ações de assistência à população afetada pelo desastre e a reabilitação do cenário do desastre.



Art. 4º - De acordo com o estabelecido nos incisos XI e XXV do artigo 5º da Constituição da República, autoriza-se as autoridades administrativas e os agentes de defesa civil, diretamente responsáveis pelas ações de respostas aos desastres, em caso de risco iminente:



I – penetrar nas casas, a qualquer hora do dia ou da noite, mesmo sem o consentimento do morador, para prestar socorro ou para determinar a pronta evacuação das mesmas;
II – usar da propriedade, inclusive particular, em circunstância que possam provocar danos ou prejuízos ou comprometer a segurança de pessoas, instalações, serviços e outros bens públicos ou particulares, assegurando-se ao proprietário indenização ulterior, caso o uso da propriedade provoque danos à mesma.



Parágrafo único – Será responsabilizado o agente da defesa civil ou a autoridade administrativa que se omitir de suas obrigações, relacionadas com a segurança global da população.



Art. 5º - Determino que se abra o orçamento das Secretarias de Defesa Civil e Promoção Social e que se faça o aporte de recursos para estas Secretarias para fins de custeio das ações emergenciais que forem necessárias.



Art. 6º - Este Decreto entra em vigor na data de sua publicação, devendo viger enquanto permanecer a situação de emergência.



Campos dos Goytacazes/RJ, 18 de dezembro de 2008

Alexandre Marcos Mocaiber Cardoso
- Prefeito -

Fotos do rio Paraíba - hoje a tarde

Agradecimentos a Aline que nos mandou essas fotos:
Segue em anexo algumas fotos tiradas na hora do almoço, na beira rio na coroa, presídio e ponte de trem.
Repare o detalhe dos caramujos na mureta(parte de dentro e fora), nas árvores e no lixos que estão no rio.
 
att,   Aline Gomes